Arte

‘Barco Pirata’ reúne editoras independentes e agita Flip com programação paralela

por: Redação Hypeness

Impossível pensar na Feira Literária de Paraty e não lembrar do discurso emocionado de Dona Diva. Professora do Paraná, ela, mulher negra, deixou todo mundo com lágrimas nos olhos ao falar sobre a importância do combate ao racismo. O fato ocorreu durante mesa comandada pelo ator e escritor Lázaro Ramos.

Na edição deste ano a Flip – que homenageia a escritora Hilda Hilst, tem uma espécie de parceira/concorrente. A partir do dia 25, a Festa Literária Pirata das Editoras Independentes, se espalha pelo Centro Histórico da cidade, oferecendo ao público debates, happy hours, saraus e o lançamento de títulos alternativos.

Versão alternativa da ‘Flip’? Temos!

A realização é da Autonomia Literária, que selecionou mais de 12 editoras para participarem do debate sobre temas como o cenário literário atual, o mercado editorial e claro, política. Entre os confirmados se destaca a escritora Marcia Tiburi, Gregório Duvivier, a candidata à presidência Manuela D’Ávilla, a filósofa e feminista negra Djamila Ribeiro e Anielle Franco, irmã da vereadora Marielle, assassinada a tiros no centro do Rio de Janeiro.

Entre os títulos presentes na versão alternativa da Flip estão ‘Lula Livre / Lula Livro’ organizado por Ademir Assunção e Marcelino Freire e que contém contos e poemas de 80 autores, como Alice Ruiz, Xico Sá e Frei Beto. Aliás, o pré-lançamento será na Flip. A Flip começa nesta quarta-feira, dia 25. 

Saiba mais: http://autonomialiteraria.com.br/

Publicidade

Foto: Reprodução/Facebook


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Alceu Valença ouve músico de rua tocando ‘Anunciação’ e decide ajudá-lo