Inspiração

Pela 14ª vez Marta concorre ao prêmio de melhor jogadora do mundo da FIFA

por: Redação Hypeness

Com cinco troféus e 14 indicações, Marta confirma mais uma vez o posto de melhor jogadora de futebol de todos os tempos. A jogadora de 32 anos acaba de ser anunciada pela FIFA entre as selecionadas para concorrer ao prêmio de melhor do mundo.

Única brasileira presente na final, entre homens e mulheres, Marta pode se isolar no posto de maior vencedora do Brasil na premiação.  Em segundo lugar está Ronaldo, com três bolas de ouro.

Atualmente a camisa 10 joga no Orlando Pride, dos Estados Unidos e mesmo não vivendo um dos melhores momentos de técnicos de sua vitoriosa carreira, ainda é apontada por especialistas como uma das atletas de maior nível no futebol. Para se ter ideia Lieke Martens, vencedora em 2017, não figura entre as candidatas.

Marta é outro nível!

Marta vai concorrer com mais cinco jogadoras do Lyon, da França. A lista foi definida por especialistas escolhidos pela FIFA e a votação começa nesta terça-feira, se estendendo até o dia 10 de agosto.

Nascida em Dois Riachos, Alagoas, Marta começou a carreira na Suécia e sempre se destacou pela habilidade e faro de gol. Vencedora da Liga dos Campeões, Copa do Brasil e Libertadores, marcou época vestindo a camisa da seleção brasileira. A rainha do futebol é a maior artilheira em Copas do Mundo, com 15 gols. Pelé fez ‘apenas’ 12.

 

Recentemente a jogadora foi nomeada pela ONU Mulheres Embaixadora da Boa Vontade. Ela vai concentrar seus esforços na luta pela igualdade de gênero e pelo empoderamento feminino. O objetivo é inspirar mulheres e meninas a romper estereótipos para a realização de sonhos.

Publicidade

Foto: Reprodução/Facebook Oficial


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
França disponibiliza hotéis para vítimas de violência doméstica