Ciência

Por que mulheres bem-sucedidas estão congelando seus óvulos?

por: Redação Hypeness

Congelar óvulos é uma tendência entre mulheres que, seja por qual for o motivo, preferem postergar a maternidade, e viver outras demandas no atual momento de suas vidas sem fechar tal possibilidade. Trata-se de uma inovação médica importante e impactante para as mulheres, mas que, pelo seu alto custo, pode também ser utilizada como de forma questionável, se valendo do medo e do desconhecimento para se chegar ao lucro.

O momento da fertilização In Vitro

Uma pesquisa realizada pela comunidade médica antropóloga da universidade de Yale, nos EUA, percebeu uma curiosa tendência em tal cenário: cada vez mais mulheres bem-sucedidas, executivas ou detentoras de altos cargos em seus trabalhos, estão recorrendo ao procedimento e congelando seus óvulos. O motivo, no entanto, não é, segundo a pesquisa, o que a obviedade do cenário sugere: ao invés de o fazerem para investirem em suas carreiras, maior parte das mulheres participantes da pesquisa afirmaram que postergaram a maternidade é a falta de um parceiro.

Quem confirma tal tendência é a Dra. Marcia Inhorn, médica antropóloga responsável pelo estudo, que se valeu de informações oferecidas por sete diferentes clínicas de fertilização. Segundo Inhorn, essas mulheres, com idades entre 29 e 42 anos, já possuem uma carreira estabelecida, e o fazem por variações em torno do tema: algumas por quererem construir uma família a dois, outras por terem saído de uma separação, e outras que estavam em um relacionamento, mas com um homem que não se sentia pronto ou não tinha interesse em ter filhos. O planejamento de carreira era o ponto menos comum entre os relatos.

Representação de óvulo

Mas a questão permanecia: por qual motivo tais mulheres encontram essa dificuldade hoje? Uma das respostas apontadas pelo estudo é o fato das mulheres em tantos países serem hoje mais educadas e letradas do que homens, o que faria com que o padrão das possibilidades masculinas se tornasse menos atraente. Outro, no entanto, é a combinação de velhos preconceitos e machismos: o temor dos homens por mulheres bem-sucedidas se aliando ao medo do comprometimento, levando tais homens a se relacionarem com mulheres de menor sucesso que eles, procedimento que historicamente as mulheres não tendem a repetir.

A pesquisa, porém, levanta polêmica, diante do fato de que muitas empresas nos EUA e pelo mundo vêm oferecendo pagar o procedimento para suas executivas. Esse seria um incentivo para que elas deixassem a maternidade para um momento posterior, e seguissem somente trabalhando.

Publicidade

© fotos: divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Jovens devem se vacinar contra a gripe, diz médico. ‘Não dá para marcar bobeira’