Cobertura Hypeness

Uma nova história para Mariana

por: Rafael Oliver

Com pouco mais de 58 mil habitantes, Mariana é um município que guarda boa parte da história do nosso país. Foi a primeira vila, cidade e capital do estado de Minas Gerais. Também foi uma das maiores cidades produtoras de ouro para o Império Português no século 18. Hoje, depende da extração de minério e do Turismo, já que atrai pessoas de todos os lugares que se encantam pela sua arquitetura e paisagens belíssimas.

É impossível falar de Mariana sem lembrar o acidente que ocorreu em 2015. O rompimento da barragem de Fundão é considerado o desastre industrial que causou o maior impacto ambiental da história do Brasil e o maior do mundo envolvendo barragens de rejeitos. Quase três anos depois, a atenção está novamente voltada para a região. Porém agora por um bom motivo: Mariana é um dos cenários escolhidos para a próxima novela global “Espelho da Vida”, que dessa vez não utiliza uma cidade cenográfica no Projac.

“Tenho uma grande preocupação com o realismo, por isso vamos gravar bastante no centro histórico de Mariana, que funcionará como a “cidade de Rosa Branca” da novela. Devemos voltar à Mariana e Tiradentes com frequência durante todo o projeto”, conta Pedro Vasconcelos, que estreia como diretor artístico do novo folhetim da Globo.

Cenários reais da cidade são usados para a filmagem. Os equipamentos necessários para cada cena são montados e desmontados rapidamente. A praça principal é o ponto mais utilizado. Lojas tiveram suas fachadas reformadas para as gravações. A boutique da dona Ana, 89 anos, uma das moradoras mais antigas da região, virou uma livraria na parte de fora. “Pintaram tudo aí na frente, você viu como ficou bonitinho?”, pergunta Ana, transbordando fofura. Outros habitantes também foram beneficiados: diversos profissionais foram contratados para trabalhar no projeto e até atores foram chamados para compor a figuração.  São mais de 100 profissionais envolvidos, sem contar com o elenco.

Na trama, a personagem principal Cris, interpretada pela jovem e já talentosíssima Vitoria Strada, chega em Rosa Branca e logo de cara tem um déjà vu: aquele lugar não lhe parece estranho. Ela sente que já viveu algo naquela cidade.  Nessa experiência, Cris conhecerá diferentes personagens do presente que também fizeram parte da sua vida passada. Cada encontro será uma revelação para ela,  que se envolverá em um triangulo amoroso ultrapassando as barreiras do tempo.

Relembrar o passado e ter a oportunidade de viver uma nova história: é exatamente isso o que sentem os moradores de Mariana, que comemoram a escolha da cidade como um dos cenários da novela. “A gente precisava disso. Mariana tem muita coisa rica que a galera precisa conhecer. Desde a tragédia ela foi deixada de lado. É muito legal isso que estão fazendo. Mostrando para o Brasil que Mariana ainda existe”, diz uma moradora da região. “Eu to vivendo um sonho. Eu sou atriz e to tendo a oportunidade de fazer figuração da novela. Tá sendo uma experiência maravilhosa tanto pra mim quanto pra todos que vivem aqui”, relata outra moradora, com entusiasmo .

No meio de vários relatos, um deles chamou mais atenção. O motorista Esus, que vive por lá há 50 anos. “Eu trabalhei na barragem. Duas semanas antes da tragédia eu fiquei desempregado. Até voltei lá pra tentar um outro emprego, mas não consegui. Acredito que algo espiritual mudou o meu destino. Mas alguns amigos meus não tiveram essa sorte.”. Questionado sobre o novo acontecimento na cidade, Esus comemora: “Muito bom pros moradores da cidade. Tanto é que estou aqui trabalhando. E a cidade tem muita coisa boa pra mostrar”

Eles têm razão. A terra que produziu tanto ouro também é rica de história. Como por exemplo a de Alphonsus de Guimaraens, escritor e poeta nascido em 1870, que teve suas obras gravadas por cantores como Milton Nascimento. Foi tão importante para Mariana que a casa em que morreu, hoje é um museu que guarda seus objetos reais. Vale destacar também o Museu da Inconfidência, com obras de Alejaidinho e documentos sobre Tiradentes. As ruas e arquiteturas antigas também foram preservadas e restauradas.  Alguns hotéis da região foram construídos no século 19, proporcionando aos hóspedes uma experiência única.

Da tragédia ao reconhecimento, Mariana vive agora uma ficção que pode mudar sua nova realidade. A cidade volta à vitrine do país,  porém, desta vez, só com alegria. Impossível pedir para esquecer o desastre ambiental, mas, com certeza, sua população e todo o Brasil daqui para a frente só terão espaço para boas lembranças. Mariana, que já é patrimônio nacional, também pode ser considerada patrimônio cultural da arte.

 

Publicidade

Escrita por Elizabeth Jhin, com direção artística de Pedro Vasconcelos, ‘Espelho da Vida’ conta no elenco com Vitória Strada, Alinne Moraes, João Vicente de Castro, Irene Ravache, Rafael Cardoso, Vera Fischer, Felipe Camargo, Ana Lucia Torre, Robson Nunes, Thati Lopes, Kéfera Buchmann, Rômulo Arantes Neto, Evandro Mesquita, Luciana Vendramini, Luciana Paes, entre outros. A estreia está prevista para Setembro. Agradecimentos a Renata Ramos. Viagem a convite da Rede Globo. Crédito das fotos a João Miguel Júnior.


Rafael Oliver
Publicitário de formação, com passagens por grandes agências, também atua por vocação na área da comédia. É redator, roteirista e humorista . Encontrou em San Diego, na Califórnia, seu segundo lar. Está sempre por lá. Vive uma busca incessante por novas experiências. E está longe de parar.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Por que fui dormir? Magazine Luiza deu descontos de até R$ 1 mil na madrugada