Tecnologia

A origem dos ‘animais anônimos’ em seu Google Docs

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Toda vez que você abre um Documento Google com a configuração “qualquer pessoa com um link pode ver”, o conteúdo desse documento provavelmente não é a única coisa que você digitaliza. É provável que seus olhos também procurem o ícone no canto direito para ver se você é um jacaré, um tamanduá, um chupa-cabra (sério!) ou qualquer um dos 70 ícones de animais que estão disponíveis atualmente para serem atribuídos a cada usuário anônimo.

Todos os documentos compartilhados do Google apresentam uma linha desses ícones de animais. As imagens são atribuídas a todos os usuários que estão visualizando o arquivo e que não foram convidados diretamente para visualizá-lo. Isso significa que, se você compartilhar um documento por meio de um “link compartilhável” em vez de digitar especificamente o endereço de e-mail de alguém para convidá-lo, o espectador aparecerá como um animal anônimo, mesmo se você tiver informações de contato.

Esses animais têm uma história mais longa do que você imagina, de acordo com a porta-voz do Google, Kyree Harmon. Em 2012, os funcionários do Google simplesmente quiseram tornar mais simples o recurso do Google Docs da empresa, que foi renomeado como “Documentos do Google” e incluído como parte do novo conjunto do Google Drive. “Na época, a proposta para espectadores anônimos era mostrá-los como uma sequência numérica única, mas longa, por exemplo Anonymous35123512425”, Harmon diz ao site Mental Floss. “[A equipe] queria ver se poderiam criar algo mais amigável e mais humano e, durante um brainstorm, surgiu a aliteração Anonymous Animals. A partir daí, a equipe de design visual se envolveu para criar ícones”.

De acordo com Harmon, ninguém se lembra de quais criaturas começaram tudo, mas “eram todos animais bastante típicos”. Eventualmente, a lista se expandiu para criaturas que eram um pouco mais brincalhonas – para não mencionar míticas e até não animais – e caso você esteja se perguntando, não, você não pode escolher o seu animal ou verificar qual ícone você recebeu sem ter outro usuário no Doc. Isso é parte da brincadeira!

Isso explica por que a capivara, o maior roedor do mundo, está na lista, junto com o axolote, uma salamandra “sorridente” com cara de bebê; Nyan Cat, um meme viral de 2011 com um felino voador pixelizado com uma Pop-Tart para um corpo; e o kraken, um gigantesco monstro marinho das lendas escandinavas. Até o mítico chupa-cabra, como falamos lá em cima, entrou na lista.

Gradualmente, diz Harmon, os engenheiros se tornaram ainda mais criativos e começaram a incluir aqueles na lista em extinção e extinção, como o quagga, um animal relacionado à zebra moderna que foi extinto em 1883 – desde então, houveram tentativas de “reviver” as espécies criando zebras que compartilham o padrão distintivo do quagga, a fim de criar rebanhos que se assemelham ao quaggas original.

A lista cresceu rapidamente e, em 2016, teria expandido para incluir 68 animais. Alces, tigres e lhama ainda não tinham aparecido naquele momento, e nenhuma das versões tinha o jackalope, uma criatura folclórica que é uma mistura de cervo com coelho, cuja cabeça aparecia montada nas paredes de todo o oeste americano. Esses animais foram adicionados mais tarde e, de acordo com Harmon, não há planos para expandir o catálogo atual de 73 criaturas.

Então, o que acontece se houver mais usuários anônimos usando ativamente um documento do Google do que os animais disponíveis? Isso não acontece com freqüência suficiente para ser uma preocupação. “Se o Google Docs recebesse consistentemente mais de 73 espectadores anônimos simultâneos”, ela diz, “certamente não iriamos quer dobrar nenhum animal e causar confusão”.

Por enquanto, aqui está a chamada completa:

Publicidade Anuncie

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Google cria exercício de respiração de 1 minuto para te ajudar a relaxar em sua mesa