Viagem

A primeira catapulta humana do mundo é uma experiência totalmente radical

por: Redação Hypeness

A Nova Zelândia é conhecida mundialmente graças ao gosto pelos esportes radicais, mas uma nova atração turística de Queenstown levou o negócio a um novo nível. O bungee jumping turbinado foi batizado como “Nevis Catapult” e, ainda que algumas pessoas digam que se parece mais com um estilingue, se denomina a primeira catapulta humana do mundo.

A atração simplesmente leva os corajosos a 150 metros de altura e os lança em uma queda livre em que chegam a atingir 100 km/h em 1,5 segundo. De acordo com os inventores, a Catapulta faz as pessoas sentirem uma força G equivalente a 3 vezes a gravidade da Terra.

O salto custa 255 dólares neozelandeses por pessoa e, segundo o criador, Henry van Asch, é a realização de 30 anos de planejamento e desenvolvimento, desde que a ideia era apenas uma viagem até se concretizar.

Especialista em bungee jumps, tendo ajudado a tornar a atividade famosa em todo o mundo, ele foi o primeiro a saltar após a inauguração oficial. “É um sentimento único, até surpreendente. Não há nada parecido”, disse o experiente aventureiro.

Publicidade

Fotos: Divulgação/AJ Hackett Bungy NZ


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Como está a vida na Índia durante a pandemia de coronavírus