Debate

Acusação de abuso sexual pode forçar aposentadoria de Woody Allen

por: Redação Hypeness

As acusações de assédio contra Woody Allen se arrastam há muito tempo. Sua filha adotiva, Dylan Farrow, diz ter sido abusada pelo pai, que sempre negou as denúncias e nunca foi processado pela justiça norte-americana.

Entretanto, parece que desta vez a coisa é séria. Por causa do constante desgaste em sua imagem, intensificado com o surgimento de movimentos contra o assédio sexual em Hollywood, o diretor de 82 anos pode ficar, pela primeira vez em mais de 30 anos, sem conseguir produzir um filme.

Woody Allen atravessa uma tormenta para encontrar financiamento necessário para a produção de novos trabalhos. Além disso, colegas longevos, com o ator britânico Michael Caine, se distanciaram e lamentaram terem trabalhado com ele. Alguns decidiram doar os salários para grupo de proteção de vítimas deste tipo de violência.

Woody Allen já produziu 48 filmes ao longo da carreira

“Woody Allen sempre conseguiu atores fantásticos. As estrelas trabalhavam por um salário mínimo porque recebiam prestígio, mas com o movimento #MeToo, agora ele é tóxico”, disse um produtor de cinema de Hollywood ao PageSix.

Nem mesmo seu último filme, A Rainy Day in New York, tem garantias suficientes de que será exibido. O Hollywood Reporter aponta que o contrato estabelecido com a Amazon, com quem ele assinou acordo para produzir outros três longas, pode ser rompido.

O imbróglio começou com uma declaração da filha da atriz Mia Farrow em conversa com a revista Vanity Fair. Na ocasião, Dylan disse ter sido abusada pelo pai quando tinha sete anos de idade. O relato foi reforçado em carta publicada no jornal The New York Times.

Dylan Farrow diz ter sido abusada quando tinha apenas 7 anos

“Woody Allen segurou minha mão e me levou a um sótão escuro, no segundo andar da nossa casa. Ele pediu para que eu deitasse e brincasse com o trem elétrico do meu irmão. Ele, então, me assediou sexualmente”, revelou Dylan. Segundo ela, o caso aconteceu em 1992.

Moses Farrow, adotado por Woody Allen e Mia em 1991, disse à revista People não ter certeza se Dylan “realmente acredita ter sido molestada ou se está querendo agradar à mãe dela [Mia Farrow]”.

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Colapso nervoso de Megan Fox por hiperssexualização levanta importante debate sobre objetificação