Debate

Acusado de assédio, Kevin Spacey fatura menos de 500 reais em volta ao cinema

por: Redação Hypeness

Desde o surgimento das primeiras denúncias de assédio, a carreira de Kevin Spacey começou a ruir. A repercussão negativa ganhou corpo com a resposta do ator, que na tentativa de atenuar os efeitos, admitiu ser gay. Não pegou bem.

“Amei e tive relacionamentos românticos com homens, ao longo da minha vida, e escolhi hoje viver como um homem gay. Quero lidar com isso de forma honesta e aberta, e isso começa comigo examinando meu próprio comportamento”, declarou em 2017.

Em seguida, Spacey perdeu o papel de protagonista no seriado House of Cards, um dos maiores sucessos do Netflix. Agora, o ator vive outro ponto baixo em sua trajetória de mais de duas décadas, a rejeição do público.

Os diretores pedem que as pessoas não acabem com a reputação do filme

Billionaire Boys Club registrou em seu primeiro dia lucro de apenas 126 dólares, em torno de 500 reais.  A quantia ínfima é a mais baixa de toda a carreira do ator, que ainda não tem filmes previstos para os próximos anos.

O diretor James Cox e os produtores do longa ressaltaram que as alegações de assédio relacionadas com Spacey  “não eram conhecidas publicamente quando o filme foi feito, quase dois anos e meio atrás”. A equipe pediu ainda para que as pessoas “não prejudiquem um filme inteiro”.

Billionaire Boys Club conta a história de um grupo de garotos ricos que montam um esquema ilegal para ganhar ainda mais dinheiro. Spacey interpreta apenas um papel secundário.

Publicidade

Foto: Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Galvão Bueno diz que se enganou e se desculpa por patada ao vivo em repórter