Sustentabilidade

Drones estão ajudando a plantar árvores e monitorar desmatamento

28 • 08 • 2018 às 05:45 Mari Dutra
Mari Dutra Criadora do Quase Nômade, contadora de histórias, minimalista e confusa por natureza, com os dois pés (e um pet) no mundo. Chega mais perto no Instagram.

Se antes eram um objeto de desejo acessível para poucos, os drones hoje se tornaram populares em diversas áreas de atuação – e são também um hobby para quem curte apenas brincar com os aparelhinhos.

Porém, o gadget pode ser útil para fins bem mais nobres, como o reflorestamento.

A startup americana DroneSeed espera utilizar o aparelho com esse fim em um futuro próximo. Em um voo de uma hora e meia, o dispositivo seria capaz de replantar uma área de cerca de quatro mil metros quadrados, segundo o The Greenest Post.

Para tornar isso possível, o drone espalharia sementes durante o voo. A altura que ele alcança é calculada para que as sementes sejam enterradas na terra graças à velocidade. Assim, aumentam as chances de que uma muda nasça do plantio.

Depois de espalhadas as sementes, os drones também ganham uma nova função: a de monitorar seu crescimento e garantir que nenhum tipo de desmatamento ilegal ocorra na região. No Brasil, um projeto similar prevê o uso de drones para monitorar a Amazônia a partir de 2019.

Infelizmente, a tecnologia de plantio da empresa ainda não está disponível. Enquanto isso, os drones da DroneSeed são usados para espalhar fertilizantes sobre as plantações – mas a gente espera que eles possam ser transferidos para um cargo mais nobre em breve! ?

Publicidade

Canais Especiais Hypeness