Sustentabilidade

Em defesa dos animais ‘feios’: por que você deveria se engajar nesta causa

por: Redação Hypeness

Ninguém quer deixar os golfinhos ou os pandas entrarem em extinção.

Eles são lindos, fofos e a humanidade ficaria mais triste sem esses animais.

Mas quem aí levanta a bandeira para proteger o peixe-bolha (foto abaixo) e outros bichos de beleza duvidosa?

A ONG Ugly Animals Preservation Society cumpre justamente esse papel.

A organização foi criada pelo comediante Simon Watt e faz piadas sobre um assunto sério. Graças a ele, a preservação dos animais é abordada de maneira divertida e fica bem longe daquele velho estereótipo de “ecochato”.

Simon realiza turnês pela Europa onde apresenta um show com foco na preservação de espécies “feias”. Estes espetáculos são compostos de seis atos com duração de 10 minutos, cada um comandado por um comediante, que defende um animal feio diferente.

Ao final dos espetáculos, o público é convidado a eleger seu próprio mascote desprovido de beleza.

A ONG usa o lema “Não podemos ser todos pandas” para alertar que há muitos animais que sofrem com o perigo de extinção, mas são negligenciados por campanhas convencionais.

Além do tenebroso peixe-bolha, considerado o animal mais feio do mundo (embora a história não seja bem assim), vários outros mascotes já foram defendidos pela instituição, incluindo o dugongo, o rato-toupeira-pelado e a horrenda rã-do-titicaca.

Publicidade

Fotos: Ugly Animals Preservation Society/Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Os impressionantes registros da NASA sobre a Amazônia em chamas