Debate

Marielle Franco? Restaurante vegano resolve batizar hambúrguer com nome de vereadora assassinada

por: Redação Hypeness

Há mais de 4 meses os responsáveis pela execução da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e de seu motorista, Anderson Gomes, permanecem um mistério. Investigadores da polícia do Rio de Janeiro e o próprio Ministério da Justiça apontam a complexidade do caso como o maior desafio.

Nestes mais de 120 dias, pouco ou quase nada se sabe sobre possíveis suspeitos. Apesar de fortes indícios ligarem os assassinos com a milícia e até mesmo alguns políticos da capital fluminense, o crime político contra Marielle Franco segue impune.

Período de muita dor para os que lutam por um Brasil mais inclusivo, a execução a tiros no centro do Rio de Janeiro de Marielle Franco representa a força exercida pelo racismo. Apesar do luto, várias cidades brasileiras foram palco de protestos, sobretudo de mulheres negras, cobrando medidas efetivas contra a insistente discriminação racial e o machismo.

COMO ASSIM?

Mas, ao que parece, algumas marcas não se atentaram ainda para a representatividade de um dos momentos mais simbólicos da ainda jovem democracia brasileira. Sabe aquela máxima de lucrar em cima da desgraça?

Foi isso que fez a Vegans2Go, localizado em Belo Horizonte, o restaurante resolveu batizar um hambúrguer de feijoada com o nome de Marielle Franco. De acordo com o estabelecimento, especializado em comida vegana, a ideia é “preservar a memória de Marielle sempre viva. Depois de longas conversas com amigos e parentes de Marielle decidimos colocar seu nome em um dos nossos pratos”, disse a empresa por meio de nota. De boa intenção o inferno tá cheio, né?

Nas redes sociais o prato causou indigestão e as pessoas apontaram o fato de um restaurante vegano, teoricamente preocupado com toda e qualquer vida, não demonstrar sensibilidade quando se trata de uma pessoa negra assassinada.

Por causa da enxurrada de críticas, as informações sobre o prato foram retiradas das redes sociais, mas ainda é possível encontrar hambúrguer que não deve ser nomeado no cardápio. O Vegans2Go não revelou se os R$31,90 arrecadados por cada unidade vão ser revertidos para algum grupo de luta contra o assassinato em massa de corpos negros.

 

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Quem foi o camponês símbolo da luta contra agrotóxicos morto por doença provocada por veneno