Diversidade

Minas Gerais terá primeira candidata trans ao Senado

por: Redação Hypeness

Com a proximidade das eleições, os partidos já estão anunciando seus candidatos. Em Minas Gerais, pela primeira vez, uma mulher trans irá disputar um cargo no Senado Federal.

Desde março deste ano, o Supremo Tribunal Federal autorizou candidatos transgêneros a utilizar seu nome social nas urnas. Filiada ao PSOL, a professora Duda Salabert é a primeira transexual a se candidatar ao Senado.

Professora, Duda não luta apenas pela igualdade de gênero, mas também pela melhoria da educação.

Ela irá concorrer ao cargo com a ex-presidente Dilma Rousseff.

Em entrevista ao Uol, Duda conta que sua candidatura é uma forma de provocação. Segundo ela, que foi convidada pelo partido a se candidatar a outros cargos, o nome “Senado” vem de “senhores” e, portanto, a candidatura de uma mulher trans é uma forma de quebrar este padrão.

Essa é a primeira vez que Duda se candidata a um cargo político, mas sua história de ativismo já é antiga. Presidente da ONG Transvest, que oferece cursos pré-vestibular e de idiomas a transexuais e travestis, uma de suas propostas é o perdão da dívida do FIES, segundo defende em suas redes sociais.

É furacão que fala?

Publicidade

Fotos: Reprodução Facebook/Duda Salabert


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Repórter do SBT pede demissão após ofensa racista ao vivo de apresentador