Ciência

Novo estudo aponta que maconha pode fazer bem para o intestino

por: Redação Hypeness

Os benefícios do uso medicinal da maconha vêm se confirmando e ampliando de tal forma que o uso da planta é visto por muitos cientistas como um impacto potencial da chegada da penicilina. Para tal progresso de fato acontecer, no entanto, é preciso um bocado de ciência por trás dos estudos com a erva – e um novo experimento pela primeira vez explicou os potenciais benefícios já conhecidos do uso da maconha sobre o intestino. A resposta está nos canabioides, substância encontrada na maconha, muito similar aos endocanabioides, produzidos pelo nosso corpo.

Já era sabido que muitas pessoas com doenças inflamatórias intestinais reagem positivamente em seus sintomas ao uso da maconha, mas o experimento realizado pela Universidade de Massachusetts mostrou que os canabioides da maconha atuam de forma similar aos endocanabioides do nosso corpo, atacando os causadores das inflamações. Assim, as substâncias da maconha teriam propriedades anti-inflamatórias sobre o intestino.

A experiência foi realizada ainda em ratos, e novos estudos, agora em humanos, ainda precisam ser realizados. Os passos por vir são muitos, mas o futuro aponta se tratar de mais um caso em que, com o devido cuidado e muito trabalho científico por trás, a maconha pode ser a diferença entre a saúde e a doença. Dentre as muitas conquistas importantes que a legalização da maconha traz, essa é uma das mais essenciais: permitir a pesquisa irrestrita com uma planta profundamente promissora para melhorar nossa saúde.

Publicidade

© fotos: divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Cão salva a vida de sua dona ao farejar câncer de mama