Arte

Retratos delicados de pessoas total e parcialmente cegas

por: Redação Hypeness

A arte deveria ser para todos e, a artista visual canadense Sarah Seené também concorda com esta afirmação. Conhecida por seus trabalhos com Polaroid, seu mais novo projeto se chama ‘Fovea’ e trata-se de uma série multidisciplinar que mescla instalações sonoras com inscrições em Braille e fotografias reveladas manualmente.

Seu objetivo é retratar a realidade de jovens com diversos tipos de deficiências visuais, de maneira poética e delicada. Eu quero ir além da sabedoria convencional sobre deficiência visual e convidar o público a viver uma experiência sensorial através do encontro desses jovens no singular“, afirmou a artista, em entrevista ao site Fubiz.

As imagens em preto e branco trazem ao mesmo tempo, suavidade e profundidade, realçando os traços das pessoas, que costumam ser estigmatizadas e, infelizmente, possuem dificuldade de inserção social. Com esta série, Sarah propõe uma arte inclusiva e abre um debate, já que existem diversas maneiras de perceber e apreciar a arte, não apenas visualmente. Afinal, a arte deveria ser de todos para todos, não é mesmo?

Publicidade

Fotos: Sarah Seeneé


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Artista esconde trolls gigantes de madeira em floresta na Bélgica