Arte

Spotify descobre qual é o Top 5 de músicas mais tristes da história

por: Redação Hypeness

Tristeza é uma coisa bem pessoal e difícil de ser classificada de modo objetivo. Mesmo assim, um algoritmo do Spotify pode ser capaz de apontar as canções mais tristes compostas de 1958 até hoje.

O algoritmo coletou metadados de mais de 35 mil músicas presentes na plataforma e os classificou com uma pontuação que varia entre 0 e 1. “Canções com valência alta são soam mais positivas (felizes, alegres, eufóricas), enquanto as de valência baixa soam mais negativas (tristes, depressivas, raivosas”, de acordo com o Spotify.

Baseada nesse algoritmo, a cientista de dados Miriam Quick catalogou todas as 1080 canções que atingiram o Número Um nas listas da Billboard desde 1958 e as cruzou com os dados de valência do Spotify – que, diga-se, avalia apenas melodia, sem levar as letras em consideração.

Antes de revelar a lista de 5 canções mais tristes, uma explicação sobre o algoritmo: segundo Glenn McDonald, Alquimista de Dados do Spotify (esse é realmente o nome de seu cargo), os índices de valência foram criados a partir da percepção humana, e depois extrapolada com métodos de machine learning, que faz a máquina ‘perceber’ padrões dentro das músicas.

Muito bem, agora seguem as canções do top 5 para você escutar e avaliar se elas são mesmo tão tristes assim:

1. The First Time Ever I Saw Your Face – Roberta Flack

2. Three Times a Lady – Commodores

3. Are You Lonesome Tonight? – Elvis Presley

4. Mr Custer – Larry Verne

5. Still – Commodores

Publicidade

Imagens de capa via Pixabay (Creative Commons CC0)


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Agenda Hype em casa: Fabiana Cozza, Chico César e Tássia Reis nas lives da semana