Diversidade

Uýra Sodoma, a drag queen amazônica que defende a mata e os animais

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Emerson Munduruku é descendente de indígenas, nascido na Amazônia brasileira, e biólogo.

Mas, em alguns momentos, ele prefere ser chamado de Uýra Sodoma, sua versão drag queen que ensina sobre a preservação do meio ambiente. Ele viaja para comunidades fluviais da região levando coscientização por meio da personagem, que foi vencedora da edição manauara do concurso de drag queens Rival Rebolado, em 2017.

Para que Emerson se transforme em Uýra, o processo pode demorar cerca de duas horas. Os elementos usados na maquiagem são sempre provenientes da natureza e podem envolver ramagens, sementes, conchas, folhas e flores. Graças a isso, a aparência da drag queen está em constante mutação, assim como a natureza.

A personagem nasceu em 2016, seguindo um momento de transformação pessoal do biólogo, segundo contou em entrevista ao G1. Durante o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, diversas manifestações artísticas tomaram conta de Manaus e Emerson passou a buscar a sua maneira de contribuir com o debate.

View this post on Instagram

tons de beira RUA, local onde narrativas, sentimentos e olhares se encontram (ou se desviam). A noite de ontem, além de ter sido de muita arte e sorrisos, foi uma noite de encontros necessários. Pessoas que acreditam numa paisagem mais justa, juntas. As candidaturas de Michelle Andrews (Deputada Federal) e Gabriel Mota (Deputado Estadual) representam o #NossoNorte, com as realidades de suas favelas, suas esquinas e todos os espaços onde nossos corpos índios, pretos, LGBT's e de mulheres são excluídos. Que esperança, luz e estratégia guiem suas os passos nas suas campanhas. Todes nós vibramos juntes e permaneceremos vivas e conectadas para promover boas mudanças num Brasil que hoje vive o caos de vários golpes. Eu que não voto há algum tempo, já tenho minhas escolhas 🏳️‍🌈💃🏿 Somos muitxs! #vemComMiga #uyra #dragqueen #dragqueer #drag #drags #dragnight #clubkid #queens #amazon #makeupartist #makeup #tropical #forest #fashion #performer #brazil #dragrace #maquiagem #plants #plantas #monster #art #instadrag #bruxa #maconha #photography #querrrkout #qwerrrk

A post shared by • UÝRA 🍃 Árvore que Anda (@uyrasodoma) on

Foi assim que deixou de pesquisar anfíbios e répteis apenas na universidade para compartilhar seu conhecimento com comunidades amazônicas, na pele de Uýra, que se define como uma “Árvore que anda“.

Ela anda montada pelas ruas e pelo transporte público de Manaus levantando o debate sobre a conservação ambiental e os direitos LGBT com muita personalidade e estilo. Para quem é de longe, seus ensinamentos podem ser acompanhados através do Instagram, onde possui mais de 2 mil seguidores.

View this post on Instagram

em carne de Bicha e Planta me montar é uma viagem constante de reconhecimento do corpo que vivo. Acho que a gente se engana quando diz que já conhece tudo sobre nosso corpo. Ele é um mundo de lugares fantásticos e autênticos, mas muitos deles permanecem inexplorados porque são locais que nos foram proibidos. Não falo apenas da experimentação artística ou sexual, mas de todas as possibilidades sensoriais como o auto toque ou simplesmente a parada, na frente um espelho, para olhar e amar o nosso corpo nu. Os padrões de beleza e tabus sociais nos ensinaram a odiar o corpo real, o nosso corpo. Nos treinaram e desenvolveram produtos para apertá-lo, escondê-lo e maltratá-lo, criando em nossa intimidade incômodos que doem. A gente adoece quando não sente o nosso corpo. Me montar de Uýra tem sido Cura constante e necessária. Modifico o meu corpo para viver coisas novas, para aprender mais sobre mim e me sentir mais Viva. Me monto em casa, em praças públicas, na casa de amigas. É um ato sozinha ou na frente de pessoas, como proponho em minha performance “Criação Assistida”. Geralmente começo pelo olho, zona de maior impacto no contato com o outro; depois sigo para os contornos e boca, dando-lhes proporções e elementos não-humanos, cujo resultado impacta, seja incomodando ou encantando. Foto Selma Carvalho Maia Registro da performance na abertura da exposição Bicho Urbano, da mana Chermie Ferreira @chermieferreira @selmacmaia #uyra #dragqueen #dragqueer #drag #drags #dragnight #clubkid #amazonia #queens #amazon #makeupartist #makeup #tropical #forest #fashion #performer #brazil #dragrace #maquiagem #plants #plantas #monster #art #instadrag #bruxa #maconha #photography #querrrkout #amazonas #qwerrrk

A post shared by • UÝRA 🍃 Árvore que Anda (@uyrasodoma) on

View this post on Instagram

"TransPosição" quando a graffiti saiu da parede. Parte da abertura da exposição BICHO URBANO da artista visual @chermieferreira Trouxemos a graffiti da parede ao corpo vivo – tudo ao vivo. Visite a exposição na Galeria do Largo, das 13h às 19h até 30 de março. É gratuito e ainda tem outras exposições delícia rolando. Foto: @_rodrigoduarte_ – apoio Centro Popular do Audiovisual -CPA. #uyra #dragqueen #dragqueer #drag #drags #dragnight #clubkid #amazonia #queens #amazon #makeupartist #makeup #tropical #forest #arte #performer #brazil #dragrace #maquiagem #plants #plantas #terra #art #instadrag #florestaencantada #maconha #photography #querrrkout #manaus #qwerrrk

A post shared by • UÝRA 🍃 Árvore que Anda (@uyrasodoma) on

Apenas maravilhosa!

Publicidade Anuncie

Fotos: Uýra Sodoma/Reprodução Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
OAB impede inscrições de quem cometeu violência contra mulher, idoso ou criança