Debate

Marquezine desabafa sobre mulheres com pensamento machista: ‘Em que ano estamos?’

por: Redação Hypeness

A atriz Bruna Marquezine está tendo que lidar com os malefícios da fama. Não é de hoje que a global tem sua vida estampada nas capas de sites dos principais veículos de comunicação.

Seja por especulações sobre seu relacionamento com Neymar, suposições sobre uma ‘má fama’ entre os colegas ou pela aparência física, Bruna não tem sossego. Desta vez, Marquezine foi alvo de incessantes comentários sobre sua aparência física.

A atriz precisou se manifestar diante dos comentários recebidos por alguns dos 31 milhões de seguidores nas redes sociais. Por meio do Stories do Instagram, Bruna comentou sobre os reflexos do machismo e da busca pelo corpo perfeito.

Marquezine revelou ter passado por distúrbios por causa da aparência

“Já passou da hora de mudar esse raciocínio. O nosso corpo, mulheres, não foi feito para agradar os homens. A gente tem estar saudável e feliz”, disse.

Bruna aproveitou para falar sobre a postura de algumas mulheres, que insistem em alimentar as opressões causadas pelo machismo. “É horrível ver mulheres com esse raciocínio machista, falando ‘engorda, sua perna tá muito fina, homem não gosta’. Em que ano a gente tá vivendo?”, perguntou.

A jovem mostrou alguns comentários feitos por seguidores sobre sua magreza. “Acho importante falar disso. Eu estou muito saudável, graças a Deus. Inclusive, antes de vir para esta viagem, fiz todos os exames. Fiquei super feliz com os meus resultados. Isso deveria ser a única coisa importante.”

Os comentários sobre aparência incomodaram Bruna

Segundo Bruna, a questão não é a dificuldade em receber críticas. A atriz afirma se incomodar com a insistência nos comentários depreciativos em suas fotos e nas de outras pessoas. A estrela revelou ter enfrentados problemas graves com a aparência no passado e recorrido aos remédios, entre eles laxantes.

“Se a sua crítica for ofender, machucar, fazer com que essa pessoa se sinta mal com o corpo dela, se você for machucar essa pessoa, por mais que sem intenção, fica quieto, não comenta. Eu acreditei na opinião alheia e comecei a detestar meu corpo, achava que tinha que emagrecer de qualquer jeito. Eu tive depressão, não só por isso, mas principalmente por esses motivos, questões de autoestima, por não me aceitar, não me achar bonita o suficiente”

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
O ‘hambúrguer de laboratório’ tem inúmeros problemas e precisamos falar sobre isso