Debate

Facebook é processado por esconder anúncios de emprego para usuárias mulheres

por: Redação Hypeness

O ano de 2018 não vai ser lembrado com saudades por Mark Zuckerberg. Depois de ser acusado de uso indevido de informações privadas de usuários para fins comerciais, o Facebook é alvo de um processo por esconder vagas de emprego para mulheres.

A American Civil Liberties Union (ACLU) entrou na justiça em um processo encabeçado por três mulheres candidatas a uma vaga.

Os argumentos são de que o Facebook permitiu ao menos 10 empresas, incluindo uma delegacia de polícia, publicar anúncios preterindo candidatas do sexo feminino.

O Facebook é acusado de provocar a discriminação de gênero

Segundo o MIT – site especializado em tecnologia, o Facebook usa com frequência de táticas discriminatórias e que excluem as pessoas pela raça, idade e sexo. Apesar de ter se comprometido de cessar tais padrões, a gigante parece não ter cumprido a promessa.

O porta-voz do Facebook, Joe Osborne, garante não existir lugar para a discriminação de gênero dentro da companhia. “Desde 2017 estamos comprometidos em aprimorar nossos sistemas para impedir o surgimento de qualquer problema”.

Publicidade

Foto: Unsplash


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
32 tartarugas marinhas são achadas mortas em praias de Pernambuco