Debate

Xuxa se envolve em barraco durante debate sobre veganismo na Internet

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Xuxa resolveu comentar em uma postagem feita pelo Padre Fábio de Melo no Instagram. O vídeo de uma galinha protegendo seus pintinhos da chuva provocou uma grande discussão sobre veganismo.

A apresentadora, que é vegana, bateu boca e até questionou a inteligência de uma das seguidoras de Melo.

“Arroz e feijão é vegano, sua carnívora. Se informa. Legumes é [sic] mais barato que carne. Meu pai, me dá sabedoria e calma para aguentar tanta ignorância junta. Mas vamos lá. Não quero ser estúpida, burra como você. Então vamos ler, tá?”, disse Xuxa, que ainda escreveu go vegan (seja vegano, em inglês).

Xuxa esteve no meio de uma treta daquelas na internet

A fala de Xuxa foi o estopim para o início de um barraco. Ofendida, a mulher não deixou barato e contra atacou.

“Burra é você, só pra sua sabedoria, na minha casa a geladeira é cheia de legumes, verduras e graças a Deus, muitas frutas, mas o seu mundinho não te permite enxergar a realidade desse país, com tantas desigualdades, o que eu disse é verdade, e verdade sempre dói ouvir, é mais fácil ser hipócrita do que ter bom senso. Buuurra [sic]”, respondeu Marley.

A briga entre as duas dividiu os internautas. Muitos defenderam a postura da apresentadora, entretanto, outros criticaram a forma com que ele expressou seu pensamento. “Estúpida você está sendo em não dialogar com as diferenças. Maturidade e idade não caminham juntas”, disse uma fã.

Xuxa, que é amiga do Padre Fábio de Melo, não respondeu a publicação e desde então não se pronunciou sobre o assunto.

Publicidade Anuncie

Foto: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Pastora da educação ‘baseada na palavra de Deus’ é demitida do MEC