Agenda Hypeness

25 eventos com boas doses de Nordeste e amor para (sobre)viver em São Paulo e no Rio

por: Gabriela Rassy

Publicidade Anuncie

Ocupar e resistir. Não é de hoje que a arte e a cultura andam lado a lado com a resistência. O momento é de incerteza sim, mas é chegada a hora de botar essas carinhas no sol e perceber o tanto de gente maravilhosa que está do nosso lado. A arte sempre esteve. Agora é momento de estaremos ao lado dela também. E principalmente ao lado da arte nordestina, negra, feminina e LGBT.

Em São Paulo, o grito vem no show do paraense Saulo Duarte, da baiana Lari Alves, do tri nordestino roqueiro formado por Jadsa Castro (BA), Livia Nery (BA) e Marcelle Equivocada (SE). Está na força do hip hop com Emicida, , Mano Brown, Rincon Sapiência e Djonga. Tem ainda Pilantragi com Luedji Luna, tem Piranha, tem samba e tem KL Jay. Tem exposição Mulheres Radicais (vá!), tem mostra de cinema, tem eu e você apoiando tudo isso.

No Rio de Janeiro, muito amor e celebrações do Dia de Los Muertos com esquenta para o Honk e sambas mil. Destaque especial para a participação do cearense Janú no show do Sexteto Sucupira e para o lançamento do filme “Clementina”. Rola ainda Jazz Out Negro no Ganjah Lapa e Baile Bonitinho no Galpão Ladeira das Artes.

Vem na minha, mas vem forte.

São Paulo

#show

Saulo Duarte lança “Avante Delírio” @ Sesc Pompéia
Quinta, dia 1, 21h30
R$ 20
Show de lançamento do primeiro disco solo do cantor e compositor paraense Saulo Duarte na choperia do SESC Pompéia. O disco se chama AVANTE DELÍRIO e já está disponível em todas as plataformas digitais. Para o show Saulo trás as canções do novo álbum e revisita canções clássicas da banda Saulo Duarte e a Unidade como “Mistério no Olhar”, “Me dei conta”e outras. Acompanhado por Curumin (bateria, MPC e vocais), Ze Nigro (baixo, vocais) e Pepe Cisneros (piano elétrico), Saulo trás um apurado de seus 12 anos de carreira chegando em seu atual momento de carreira e interação com os grandes músicos que o acompanham.

Lari Alves @ Tabuleiro do Acarajé
Sexta, dia 2, 15h
Grátis
A cantora baiana Lari Alves estará no Tabuleiro apresentando uma deliciosa seleção de músicas da boa terra, acompanhada por Henrique Couto – o famoso Papel – na bateria/percussão e Pedro Passanesi no violão. Chegue cedo para provar as delícias da casa.

Clube das 3: Jadsa Castro, Lívia Nery e Marcelle Equivocada @ Casa Vulva
Sexta, dia 2, 20h
R$ 20
Três mulheres nordestinas, roqueiras, soulzeiras, experimentais e tais se apresentam na mesma noite na sala mais aconchegante do bairrão. São elas: Jadsa Castro (BA), Livia Nery (BA) e Marcelle Equivocada (SE). Pode esperar guitarras, pedais, botões, o baixo dos feras de Caio Terra (baixista do brezil), participações e um formato de show nunca dantes visto em terras romanísticas.

Sons da Rua @ Arena Corinthians
Sábado, dia 3, 11h às 22h
R$ 40
O maior festival de Hip Hop de São Paulo está de volta para a Arena Corinthians! Um festival que acredita que o rap nacional deve RESISTIR. Um festival que luta pelo MOVIMENTO. Que acredita que o som que vem da rua é ARTE. Com THAÍDE como embaixador, o Sons da Rua 2018 tem shows de Emicida, Mano Brown, Rincon Sapiência, Djonga e Alt Niss.

#festa

Véspera de feriado: Pilantragi com Luedji Luna @ AirRooftop
Quinta, dia 1, 19h
R$ 50
Imagine 12 horas de celebração com vista para os principais cartões postais de São Paulo: Teatro Municipal, Vale do Anhangabaú, Viaduto do Chá, Praça do Patriarca, entre outros. Agora pense: verão chegando! Para temperar essa mistura, shows com Luedji Luna, Jaloo, Ekena, FurmigaDub e Seu Bando, Coco de Oyá, entre muitos outros. Na conexão direta e nas trocas receberemos, DJs e produtores de diversos lugares do Brasil: DJ 440 (Terça do Vinil/Recife/PE), Lord Breu (Salvador/Bahia), Tahira, DJ Nuts, BADSISTA, DJ Rodrigo Bento, entre muitos outros.

Samba da Luz – Quem tá VIVO SAMBA @ Casa da Luz
Sexta, dia 2, 17h
R$ 10
Pelos batuques da Portela, os refrões do Fundo de Quintal, passandoo pelas letras de Martinho da Vila e Jovelina Pérola Negra, na palma da mão de Beth Carvalho. Roda com Samba do Urso, além dos DJs Killa, El Casabon e David Carneiro.

Clássicos dos Bailes – Cláudio Costa e Kl Jay @ Pratododia
Sexta, dia 2, 17h
R$ 15 até 00h; R$ 20 depois
São anos de discotecagem e balanços de pistas em um encontro que vem marcando nossas noites com hits que atravessam gerações de bailes e salões de “black music” mundo afora. De um lado temos o DJ Cláudio Costa, que comanda qualquer baile com maestria há mais de 30 anos. Sendo referência para o outro DJ da noite, DJ KL Jay, que comanda as pick-up dos Racionais Mc’s e é responsável pelas batidas de grandes hinos da música brasileira.

Piranha: Apesar de Você @ Casa da Luz
Sábado, dia 3, 23h
R$ 20 até 1h; R$ 30 depois
Apesar dele, resistiremos. Na ressaca eleitoral a Piranha vem com pedradas, piranhices e hits musicais para dar um afago a nossos coraçõezinhos tão maltratados ao longo dos últimos meses. Pra celebrar isso, quem chega pra somar o som nessa edição são xs lindxs Lia Macedo (Pilantragi) e Ricardo Venturini (je TREME mon amour).

Publicidade

Bloco da C_atuaba – Summer Eletro Hits de Carnaval @ Mundo Pensante
Sábado, dia 3, 23h
R$ 20
Novembro é o mês que a gente antecipa o verão e já começa a pensar no carnaval. Por isso entramos em clima de #BlocoDaCatuaba. E se tem uma coisa que a gente AMA na nossa pista é resgatar clássicos de outros carnavais e outras buatchys. Por isso, nessa edição vamos voltar à VIBES SUMMER ELETRO HITS!

Festa De Lançamento Do Tawai & Disco Monkey Jhayam @ Casa Sements
Domingo, dia 4, 14h às 22h
R$ 20
A família Tawai Dub Festival convida todos e todas para a festa de lançamento do festival em São Paulo (capital) onde também haverá o lançamento oficial do álbum “The Rolê of Monkey Man” produzido pelo Prince Fatty (UK). Ainda no som, a pista laje traz Yellow P, Deska (Bh), Mumma In Dub Ft. Rude Mamma & Sista Mari, I-land Rebel (Floripa), Cultive Dub. Já a Pista Mirante, com curadoria do Pratododia, tem rap, soul/funk, brazilian beats com Iasmin, Pepe Paulo (Groovalização), Dj Yuga – Bh (Forrozin / Deska Sound), Dj Moocado (Pratododia), Dj Ju Mineira (Ferro Da Boneca) e Dj Julião Pimenta (Groovalização / Pratododia).

#arte

Mulheres radicais: arte latino-americana 1960-1985 @ Pinacoteca
Até 19 de novembro | quarta a segunda-feira, das 10h00 às 17h30 – com permanência até às 18h
R$ 6 (entrada); R$ 3 (meia-entrada)
A mostra tem curadoria da historiadora de arte e curadora venezuelana britânica Cecilia Fajardo-Hill e da pesquisadora ítalo-argentina Andrea Giunta e é a primeira na história a levar ao público um significativo mapeamento das práticas artísticas experimentais realizadas por artistas latinas e a sua influência na produção internacional. Quinze países estarão representados por cerca de 120 artistas, reunindo mais de 280 trabalhos em fotografia, vídeo, pintura e outros suportes.

Mulher, sim. Radical, mais ainda

Bauhaus imaginista: Aprendizados Recíprocos
25 de outubro a 6 de janeiro de 2019
Grátis
Com curadoria de Marion Von Osten e Grant Watson e pesquisada curatorial de Luiza Proença, a exposição propõe analisar a recepção internacional da Bauhaus, seu alcance e influência a partir de diversas escolas e universidades para além da Europa. Focada no impacto e na recepção internacional da Bauhaus, esta questão é desenvolvida em quatro capítulos em que cada museu e instituto de arte nas cidades de Nova Délhi, Quioto, Xangai, Moscou, São Paulo e Nova Iorque, irão apresentar uma parte de um todo que, por fim, se juntará em uma exposição na Casa do Mundo e Culturas (Haus der Kulturen der Welt- HKW) em Berlim no ano 2019. O Sesc Pompeia irá receber o capitulo “Learning From” (Aprendendo Junto), resultado de um recém-renovado trabalho encomendado pelos curadores, além de documentos históricos sobre a escola e obras de artistas brasileiros e internacionais.

Ai Weiwei @ Oca – Parque do Ibirapuera
20 de outubro de 2018 a 20 de janeiro de 2019
R$ 20 (inteira)
Primeira mostra do artista no Brasil é a maior já realizada – com 8 mil m2 – e traz obras históricas e outras inéditas nascidas de sua imersão pela cultura no país. Ai Weiwei se propôs a desvendar e absorver a cultura local e moldar objetos que representam a biodiversidade, a paisagem humana e a criatividade brasileira. Entre os destaques está uma série de obras feitas com centenárias raízes do pequi-vinagreiro, espécie de árvore típica da Mata Atlântica baiana atualmente em risco de extinção, encontradas desenterradas na região de Trancoso, na Bahia.

#cinema

VICE apresenta Transe @ MIS
Quinta, dia 1º, 19h
Grátis
Na noite de quinta, a VICE exibi os dois primeiros episódios da série “Transe” sobre o mundo e o submundo do sexo no Brasil. A série “Transe”, de produção liderada e composta principalmente por mulheres, terá exibição especial dentro da programação cultural do Museu da Imagem e do Som em São Paulo, no dia 01 de novembro. Os dois primeiros episódios que serão transmitidos abordam o mercado dos trabalhadores do sexo no Brasil que ainda sofre para conseguir se consolidar como mercado lucrativo no país e, ainda, se apresenta como um meio surpreendentemente conservador, dominado por homens. O evento é gratuito e o espaço é pequeno, então cole cedo!

Mostra de curtas latino-americanos @ Sesc Itaquera
Sábado, dia 3, 14h
Grátis
Narrativas originais e precisas, os filmes conduzem o espectador para dentro de seus universos particulares, muitas vezes em inesperada e profunda conexão com o estado do mundo. A Colômbia apresenta um filme que atesta o grande momento de sua cinematografia, celebrada nos últimos anos pelos principais festivais de cinema do mundo: um casal de idosos protagoniza uma ficção de forte impacto emocional em um cenário deslumbrante e natural do interior do país. Todos os filmes são legendados e possuem classificação indicativa livre. A sessão tem duração total de 84 minutos.

Samba Com Cinema @ Lab Mundo Pensante
Domingo, dia 4, 15h 
R$ 10
Uma roda samba à maneira paulistana, mais introspectiva, sambas tristes na alegria da integração da roda. Nossos grandes compositores, paulistanos ou não, desnudos, no ambiente que talvez lhes seja mais natural. Antes da roda, uma sessão de cinema, com filmes sobre música e arte, no geral, com curadoria diferente a cada edição. E ao final da roda, DJ, com a discotecagem aprofundando o tema do filme do dia.

Rio de Janeiro

#show

Batuque da Boa @ Parque Madureira
Sábado, dia 3, das 14h às 21h
Grátis
Geral está convidada para curtir o evento de samba mais aguardado da cidade. Com o Fundo de Quintal comandando a roda, o Batuque da Boa recebe ainda a final do concurso de novos compositores de samba da Antarctica na voz de Diogo Nogueira, Dudu Nobre, Mariene de Castro, Ana Costa, Moyseis Marques e Arlindinho. É a BOA dando mais uma vez voz ao samba.

Esquenta Honk! Dia de Los Muertos @ Cordão do Bola Preta
Sexta, dia 2, 22h
R$ 15 a R$ 20
Fanfarronas e fanfarrões desse Rio de Janeiro, para alegria geral da nação já estamos na reta final dos preparativos para o maior festival de fanfarras do Brasil (aeeeeeeeeeeee)! Na programação deste esquenta, os grupos Blonk! (cortejo até a festa), Metais Pesados, Os Siderais e Bésame Mucho.

Sexteto Sucupira convida Junú da Terreirada @ Fundição Progresso
Sábado, dia 3, 22h
R$ 15
Grupo toca ao lado de Junú, da Terreirada Cearense, logo após o encerramento do evento de agroecologia Plante Rio 2018.

Moça Prosa @ Orquidário de Paquetá
Domingo, dia 4, 14h
R$ 10
Uma boa para o almoço de domingo é pegar a barca para Paquetá e curtir um bom samba com feijoada e rangos de primeira.

#festa

Dia de Los Muertos @ Bar Bukowski
Sexta, dia 2, 21h
R$ 35 a R$ 55
De acordo com a tradição mexicana, o Dia de Los Muertos é uma data especial onde os mortos têm permissão para visitar seus ente queridos! É dia de muita festa, muitas cores e claro, muito porre envolvido! Hehe. Por isso, influenciados pela ̶t̶e̶q̶u̶i̶l̶a̶ e todos os encantos do México, nós vamos celebrar a vida e a morte, com muito Rock n’ Roll e um porre memorável! Mas não acabou por aqui, várias surpresas estão por vir.

Manie Y Los Muertos Dansantes @ Circo Crescer e Viver
Sexta, dia 2, 21h
R$ 35
Volvemos para nuestra tradicional edicion de dia de los muertos! Tempos macabros dentro e fora das pistas, seguiremos na meta de criar espaços de tolerância e respeito mútuo, estamos muertos, mas seguimos prontos e atentos.

Jazz Out Negro @ Ganjah Lapa
Sábado, dia 3, 21h
R$ 10 a R$ 25
O Jazz Out Negro é uma experiência sensorial, sonora e visual afrofuturista. Pensado a partir de olhares negros, o evento abre muito bem o mês de novembro, em que comemora-se a consciência negra. A noite será brindada com exibições de filmes, shows, projeção mapeada e pintura corporal. Será uma noite histórica.

Baile Bonitinho do Lencinho + Circo Dux @ Galpão Ladeira das Artes
Domingo, dia 4, 17h
Grátis
“Um ano praticamente se passou e eu escrevo esse texto sem saber quem será o futuro presidente do país quando o evento acontece. Mas sei o ano que vivi e sei que num momento que eu tava cheio de feridas internas e no ponto para ficar amargo, preferi tentar driblar a tristeza fazendo um baile. Aliás, um Baile Bonitinho. (…) Sempre vai ter um mano e uma mana para caminhar com a gente e tornar nossas dores, dúvidas e incertezas mais amenas. Como dito antes, escrevo esse texto sem saber o presidente futuro do país, mas sei que independente do que vamos encarar nos próximos quatro anos, tenho certeza que vamos fazer juntos, unidos, com a cabeça erguida de quem acredita que outro mundo é possível”

#arte

Expo Era Uma Vez O Tesão @ La Cucaracha
A partir de quarta, dia 31, 18h
Grátis
O tesão é safado. Não tem hora certa para aparecer e te pega de jeito. Chega quente e molhado, inundando desejos profundos. Criado para a campanha Inktober que mobiliza ilustradores de todo o mundo, “Era Uma Vez O Tesão” de Jota Carneiro ocupa a galeria em Ipanema.

#cinema

Lançamento do filme “Clementina” no Festival do Rio @ Cine Odeon
Sábado, dia 3, 13h15
R$ 20
O nosso querido filme “Clementina” abrirá a Mostra Competitiva de Documentários da Premiére Brasil 2018 do Festival! Estamos muito felizes com a indicação. Após a exibição será realizado um debate composto pela equipe do filme, Marquinhos de Oswaldo Cruz e Marcus Vinicius – produtor do álbum “Canto dos Escravos”.

 

Publicidade Anuncie

Destaque: Stéphanie Saramago


Gabriela Rassy
Jornalista enraizada na cultura, caçadora de arte e badalação nas capitais ensolaradas desse Brasil, entusiasta da cena musical noturna e fervida por natureza.


X
Próxima notícia Hypeness:
Ao invés de estar vendo o fim de GOT eu poderia… (complete a frase)