Ciência

A cor do seu cachorro pode indicar quanto tempo ele vai viver

por: Joao Rabay

A cor dos pelos de um cachorro faz parte do charme de cada animal, mas será que também tem algum impacto na saúde e longevidade dos bichos? De acordo com um estudo recente elaborado por cientistas da Universidade de Sidney, na Austrália, sim – ao menos entre aqueles da raça Labrador.

Em uma pesquisa publicada recentemente, uma equipe de veterinários analisou dados de um banco de dados britânico com cerca de 33 mil labradores e chegou a uma conclusão interessante: os bichos com pelagem chocolate tendem a viver 10% menos que os amarelos e os pretos.

A escolha pelos labradores se deu porque essa é a raça preferida dos australianos, e também porque os brincalhões fazem sucesso em vários países do mundo. Entre os bichos do Reino Unido, a média de idade dos amarelos e pretos é de 12,1 anos, enquanto os chocolate costumam viver pouco menos que 11 anos.

De acordo com o estudo, os labradores chocolate têm duas vezes mais chance de contrair otite (infecção nos ouvidos) e quatro vezes mais chances de contrair dermatite piotraumática (infecção na pele, especialmente causada por mordeduras do próprio animal).

Paul McGreevy, o autor principal do estudo, acredita que essa diferença não seja causada exatamente pelo pigmento dos pelos, mas sim pela menor variação genética dos labradores cor chocolate: como os genes que levam a essa coloração são recessivos, criadores tendem a cruzar apenas animais de cor chocolate entre si, o que acaba afetando a saúde dos bichos.

Aliás, nesse sentido o estudo reforça outra percepção da ciência sobre a saúde dos cães: quanto maior a variação genética na ancestralidade de cada cachorro, maior tende a ser sua imunidade em relação a doenças. Ou seja, os cães sem raça definida, os famosos vira-latas, costumam ter saúde mais forte que a daqueles cuidadosamente criados a partir da reprodução planejada.

Publicidade

Fotos: Reprodução


Joao Rabay
Gosta de ler boas histórias para aliviar a mente no meio de tantas notícias ruins. Ainda acredita que elas podem inspirar boas mudanças e fica feliz quando pode contá-las.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Cão salva a vida de sua dona ao farejar câncer de mama