Inspiração

Acusado de ‘doutrinação comunista’, professor é ovacionado por alunos

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Jam Silva Santos é professor de história do Colégio Santa Cecília, em Fortaleza. Na semana passada, o docente foi xingado nas redes sociais e acusado de ‘doutrinação comunista’ por causa da exibição do filme Batismo de Sangue.

O longa, baseado no livro escrito por Frei Beto, trata do processo de resistência contra a ditadura militar, em 1964. Professor do 2º ano do ensino médio, Jam foi mais uma vítima de ataques contra a liberdade de expressão.

Nesta segunda-feira (29), uma surpresa, Jam foi ovacionado pelos estudantes do colégio católico. Ao chegar nas dependências da escola para mais um dia de trabalho, o educador tomou um susto (do bem) ao ser aplaudido pelos alunos, todos enfileirados e sorrindo. O momento foi registrado em vídeo e viralizou nas redes sociais.

Publicidade

O professor não conseguiu conter o choro

Em entrevista ao jornal O Povo, Lorena Cavalcante, mãe de aluno do 2º ano, diz que recebeu a gravação pelo WhatsApp. Para ela, as críticas sobre o filme são infundadas.

“A princípio, não entendi o que estava acontecendo e fui perguntar no grupo de mães que participo. Fiquei triste em ver que a opinião do próximo não é respeitada. O que falta nesse mundo é amor”, encerra.

Você leu aqui no Hypeness que universidades brasileiras foram patrulhadas por policiais federais e membros da Justiça Eleitoral. O movimento cumpria ordens judiciais para apreender supostos materiais de campanha. Foram confiscadas faixas e professores reclamaram de censura.  

Publicidade Anuncie

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Doritos Rainbow é o snack oficial do Rock in Rio. E vai reverter ganhos à ONGs LGBT+