Arte

Artista revela a tristeza e solidão por trás da fama das pessoas mais conhecidas do mundo

por: Redação Hypeness

Você consegue imaginar como seria sua vida se você fosse um astro mundialmente conhecido? Ser célebre a este ponto implica muito mais do que ‘apenas’ a falta de liberdade. A vida editada que estamos acostumados a ver nas redes sociais das celebridades, não é a vida como ela é, cheia de medos, frustrações e muita solidão. É exatamente isso que o artista visual Saint Hoax quis mostrar em sua série, “MonuMental”.

Através de suas pinturas a óleo, seu objetivo é retratar a efemeridade da fama e mostrar que, na verdade, o que vemos são os personagens que as pessoas incorporam, até para conseguirem lidar com a fama, pois a essência nós nunca saberemos.

Sua arte é ácida e, ele mesmo se define como politicamente incorreto. Fred Mercury, Lady Di, Michael Jackson e até a rainha Elisabeth II fazem parte de sua série. Pegando nos pontos fracos destas pessoas, Hoax nos faz refletir sobre a fama e nossa própria humanidade, afinal, somos todos iguais! Sua série será exibida a partir da próxima semana, em uma galeria de arte, em Beirute.

Publicidade

Fotos: Saint Hoax


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Wagner Moura fala de ‘Wasp Network’, filme sobre espiões cubanos nos EUA