Inspiração

Bauducco na Amazônia: a magia do Natal e o encanto do cinema chegam de barco

por: Redação Hypeness

Para além dos presentes, do sentido religioso ou comercial e até mesmo do significado original dessa festa, a melhor parte do Natal é ser uma oportunidade para a celebração do encontro – da família, dos amigos, de quem se ama. A data, tão significativa e emocionante, representa mais que uma noite ao redor de uma mesa. E é esse o clima que a Bauducco leva ao reinventar espaços para vivenciar essa união. Aqui, a magia do Natal pega carona com o encanto do cinema através do projeto cultural Fitzcarraldo – Cinema na Amazônia, proporcionando momentos de felicidade na vida das famílias ribeirinhas amazônicas.

O projeto foi criado em 2011, de forma independente, por Oliviero Pluviano, da agência Moby Dick, e inspirado no filme Fitzcarraldo, que retrata a montagem de uma ópera na Amazônia. A abrangência no início era pequena, mas em 2017, com a entrada da Bauducco como patrocinadora através da Lei Rouanet, o Fitzcarraldo pôde ampliar seu alcance, visitando 33 comunidades, 15 no ano passado e 18 em 2018, atingindo um total de 2.690 famílias.

O projeto leva a sétima arte para as comunidades ribeirinhas na Amazônia a bordo do barco Gaia, um típico gaiola amazônico que foi transformado em um barco cinema. Uma oportunidade extraordinária para o encontro em família e a reafirmação do sentimento que o Natal desperta.

O propósito do projeto Bauducco na Amazônia nasce da convicção de que a magia proporcionada pela cultura e entretenimento deve ser acessível a todos. A janela de conhecimento que se abre em uma tela de cinema tem a capacidade de expandir o imaginário humano e ampliar o repertório sociocultural, e esse movimento, na sua expressão mais ampla, é capaz de promover inclusão social.

Em 2017, a participação da Bauducco também permitiu que algumas outras demandas pontuais de cada comunidade pudessem ser atendidas. Foram doados livros, impressoras multifuncionais e insumos para a construção de um espaço para a comunidade.

Para 2018, o objetivo era ampliar ainda mais esse legado. Então, fomentar uma iniciativa permanente e duradoura, que fosse relacionada à produção de alimentos, fazia todo o sentido. Por isso, em parceria com o Instituto Peabiru, foi realizado um aporte financeiro no projeto Mel da Amazônia, que desenvolve a capacitação de comunidades tradicionais para a produção de mel de abelhas nativas da biodiversidade amazônica. O grande valor desse projeto é que, para a produção do mel, é essencial a conservação da floresta. Sendo assim, o projeto contribui indiretamente para o combate ao desmatamento. Além disso, faz parte do projeto o investimento na ampliação da compra e distribuição do mel produzido na região, a fim de proporcionar um incremento na renda das famílias.

Toda essa trajetória da Bauducco pela Amazônia foi registrada em dois filmes. Em 2017, o barco Gaia navegou pelo Rio Tapajós até a Comunidade de Jamaraquá, levando o encanto e a emoção do cinema e promovendo um encontro entre as famílias.

No segundo ano consecutivo do projeto, 2018, o sentimento de partilha se ampliou, e a realização da oficina de artesanato com a comunidade traduziu a importância da construção coletiva de cada pedacinho do Natal.

 

Publicidade

© fotos: reprodução/divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Idosa proibida pelo marido de estudar faz Enem pela 1ª vez e sonha em ser contadora