Debate

Companhia aérea é acusada de omissão diante de racista descontrolado

por: Redação Hypeness

Aeroportos são espaços suscetíveis ao surgimento de manifestações racistas. Não se engane, existem setores das classes mais altas que acreditam piamente na ideia de que andar de avião é ‘coisa de rico’.

São inúmeros casos de preconceito dentro e fora do Brasil. Veja só, durante um voo entre Londres e Barcelona, uma idosa negra de 77 anos foi alvo de ofensas racistas proferidas por um senhor completamente descontrolado.

“Não fale comigo em uma língua estrangeira, sua vaca feia e estúpida”, gritou o idoso.

A expressão raivosa se deu por um motivo aparentemente fútil. Aparentemente, já que o fato deste senhor ter se irritado com a ‘demora’ da passageira de se levantar para que ele sentasse na janela, é uma alusão perfeita ao período da escravidão.

Racismo, racismo, racismo. Até quando?

Em entrevista ao The Huffington Post, a filha da passageira, que está muito abalada com o ocorrido, disse que a mãe sofre com artrite e estava indo até Barcelona para espairecer depois do aniversário de um ano da morte do marido.

“Eu vou continuar por quanto tempo eu quiser com essa negra feia e desgraçada”, diz o senhor para um dos passageiros que tenta intervir.

O caso foi filmado pelo britânico David Lawrence, que se mostrou impressionado com a falta de reação das pessoas e dos membros da companhia aérea. Aliás, falando nisso, a Ryanair está sendo criticada aos montes.

As pessoas estão revoltadas com o fato da companhia não ter tomado medidas duras – como pedir a intervenção policial ou expulsar o racista do avião. Para piorar, a empresa pediu para que a vítima de racismo trocasse de lugar.

“Minha mãe ficou muito chateada e estressada com a situação toda, além da dor que já estava sentindo. Quanto a mim, também estou chateada com isso tudo: o fato de o passageiro não ter sido retirado do avião, e a forma como trataram a situação”, completou a filha.

A companhia aérea é acusada de omissão diante do racista descontrolado

Em nota enviada à BBC, a Ryanair tentou se justificar dizendo operar “diretrizes rígidas para passageiros que causam confusão e não vamos tolerar comportamentos indisciplinados como esse”. A empresa completou afirmando que “vai levar este assunto adiante”.

Racismo é crime e a polícia de Essex, onde fica localizado o Aeroporto de Stansted, diz estar conduzindo a investigação.

“A Polícia de Essex leva a sério crimes relacionados a preconceito e queremos que todos os incidentes sejam denunciados. Estamos trabalhando em parceria com a Ryanair e as autoridades espanholas na investigação.”

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
CEO da Dr. Cannabis fala sobre os benefícios da cannabis medicinal