Viagem

Descubra quais são as rotas com vôos mais lotados e mais vazios do Brasil

por: Redação Hypeness

Por mais maravilhoso que viajar seja, sabemos que entre sair de casa e enfim chegar ao sonhado local de destino uma série de transtornos, grandes ou pequenos, pode sempre nos esperar. E, para além dos incômodos mais graves como atrasos ou cancelamentos, as dores de cabeça mais frequentes vêm mesmo dos voos lotados. Viajar espremido entre estranhos e ter de passar algumas horas pelos constrangidos rituais desse forçado convívio um tanto íntimo para muitos pode ser um verdadeiro pesadelo nos ares.

É impossível prever a lotação de um voo, mas há, porém, algumas rotas nacionais e internacionais que sugerem uma media confiável para indicar se o que te espera é o sonho de viajar sem ninguém ao seu lado, ou algumas horas disputas pelo braço da cadeira. Um levantamento realizado pela Anac para o blog Todos a Bordo, baseado em empresas brasileiras no período de janeiro a agosto desse ano, indica quais são as rotas mais lotadas e quais as mais vazias dentre do Brasil e daqui para o mundo.

Algumas rotas vazias não operam mais mas, se você é do tipo que se arrepia só de pensar em atravessar os ares e algumas horas em um voo lotado, esse pode ser um belo critério para programar suas próximas férias.

Rotas nacionais lotadas:

Natal (RN) a Confins (MG): 90,81% de ocupação

Confins (MG) a Natal (RN): 90,2% de ocupação

Aracaju (SE) a Guarulhos (SP): 89,75% de ocupação

Maceió (AL) a Guarulhos (SP): 89,08% de ocupação

Maceió (AL) a Confins (MG): 88,91% de ocupação

Porto Seguro (BA) a Campinas (SP): 88,75% de ocupação

João Pessoa (PB) a Guarulhos (SP): 88,6% de ocupação

Recife (PE) a Guarulhos (SP): 88,54% de ocupação

Boa Vista (RR) a Brasília (DF): 88,48% de ocupação

João Pessoa (PB) a Campinas (SP): 88,44% de ocupação

Rotas nacionais vazias:

Pampulha, em Belo Horizonte (MG), a Goianá (MG): 19,02% de ocupação (não há mais voos nessa rota)

Goianá (MG) a Pampulha, em Belo Horizonte (MG): 19,93% de ocupação (não há mais voos nessa rota)

Três Lagoas (MS) a São José do Rio de Preto (SP): 25,87% de ocupação (não há mais voos nessa rota)

São José do Rio Preto (SP) a Três Lagoas (MS): 29,42% de ocupação (não há mais voos nessa rota)

Parauapebas (PA) a Marabá (PA): 40,74% de ocupação

Campos dos Goytacazes (RJ) a Santos Dumont, no Rio de Janeiro (RJ): 42,25% de ocupação

Santos Dumont, no Rio de Janeiro (RJ) a Campos dos Goytacazes (RJ): 42,45% de ocupação

São José do Rio Preto (SP) a Ribeirão Preto (SP): 44,4% de ocupação

Brasília (DF) a Barreiras (BA): 45,82% de ocupação

Ribeirão Preto (SP) a Pampulha, em Belo Horizonte (MG): 46,21% de ocupação (não há mais voos nessa rota)

Rotas internacionais lotadas:

Guarulhos (SP) a San Carlos de Bariloche (Argentina): 94,12% de ocupação (não há mais voos nessa rota)

Campinas (SP) a Lisboa (Portugal): 93,77% de ocupação

Guarulhos (SP) a Paris (França): 92,14% de ocupação

Guarulhos (SP) a Barcelona (Espanha): 92,06% de ocupação

Guarulhos (SP) a Frankfurt (Alemanha): 91,93% de ocupação

Guarulhos (SP) a Madri (Espanha): 91,86% de ocupação

Fort Lauderdale (EUA) a Recife (PE): 91,47% de ocupação

Guarulhos (SP) a Roma (Itália): 91,24% de ocupação

Guarulhos (SP) a Londres (Reino Unido): 91,22% de ocupação

Orlando (EUA) a Campinas (SP): 90,66% de ocupação

Rotas internacionais vazias:

Buenos Aires (Argentina) a Manaus (AM): 36,17% de ocupação

Guarulhos (SP) a Punta del Este (Uruguai): 51,11% de ocupação

Punta del Este (Uruguai) a Guarulhos (SP): 52,96% de ocupação

Miami (EUA) a Belém (PA): 56,01% de ocupação

Belém (PA) a Miami (EUA): 56,65% de ocupação

Miami (EUA) a Manaus (AM): 61,16% de ocupação

Salvador (BA) a Bogotá (Colômbia): 61,99% de ocupação

Buenos Aires (Argentina) a Porto Seguro (BA): 62,06% de ocupação

Bogotá (Colômbia) a Salvador (BA): 62,43% de ocupação

Zanderij (Suriname) a Belém (PA): 63,5% de ocupação

Publicidade

© fotos: divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Mina de sal na Polônia com lagos subterrâneos, capelas e lustres feitos de sal parece de outro mundo