Fotografia

Diretor de ‘Brilho Eterno’ foi um fotógrafo f*da de skate e BMX nos anos 1980

por: Gabriela Glette

Spike Jonze já fez filmes tão memoráveis, que nós nunca paramos para pensar em como sua carreira começou. O diretor de Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças, Quero ser John Malkovich e Adaptação, começou a brilhar no mundo artístico muito antes do que você imagina, na década de 1980, antes mesmo de completar 20 anos de idade, fotografando atletas fazendo skate e BMX.

O artista nasceu e cresceu na cidade de Maryland – Estados Unidos e seu amor pelo BMX era tanto, que ele passava horas fotografando diversos festivais, até que foi chamado pela Freestylin ’Magazine, uma revista da Califórnia. Ele passou anos trabalhando na publicação e foi responsável por diversos ensaios irados.

Se a fotografia não é a mesma coisa que o cinema, foi sua experiência com imagens, cores e ângulos que introduziu o universo da sétima arte na vida de Jonze. Veja com seus próprios olhos as fotografias incríveis feitas por ele, em uma época em que programas de edição ainda nem existiam.

Eddie-Roman-by-Spike-Jonze

Brian-Blyther-by-Spike-Jonze

Guy-Mariano-by-Spike-Jonze

Jason-Lee-by-Spike-Jonze

Jason-Lee2-by-Spike-Jonze

Mark-Gonzalez-by-Spike-Jonze

Matt-Hoffman-by-Spike-Jonze

Natas-by-Spike-Jonze

Publicidade

Fotos: Spike Jonze


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!


X
Próxima notícia Hypeness:
Gestação e parto ganham novos significados com sensibilidade de ensaio fotográfico