Debate

Facebook começa a banir contas de pessoas ligadas à extrema-direita

por: Redação Hypeness

O Facebook começou a remoção de contas ligadas à grupos de extrema-direita, especialmente os associados com a organização Proud Boys.

De acordo com o Business Insider, a exclusão dos perfis acontece depois de registros de agressões de membros do grupo contra manifestantes antifascistas.

As agressões aconteceram na porta de um clube republicano em Manhattan onde Gavin McInnes, fundador dos Proud Boys, discursava. Estas contas vão ser desativadas no Facebook e Instagram, confirmaram representantes da empresa norte-americana. O acesso de McInnes foi proibido.  

Conhecido pelo discurso de ódio, Gavin McInnes é um dos líderes do Proud Boys

“Nosso time continua trabalhando com parceiros para combater discursos de ódio. Vamos banir estas organizações e indivíduos de nossa plataforma e seguiremos monitorando pessoas que infringem nossas regras”, declarou um porta-voz do Facebook.

O Proud Boys foi fundado em 2016 como uma espécie de gangue de rua. Com ideologias inspiradas na extrema-direita e posturas discriminatórias contra a diversidade racial propagadas pelo líder Gavin McInnes, o grupo é formado apenas por homens brancos. Nacionalismo e movimentos políticos ultrapassados são algumas das pautas defendidas.

Nos últimos tempos, o grupo ganhou notoriedade pela postura violenta contra críticos do presidente Donald Trump. Analistas jurídicos consideram o Proud Boys um disseminador do ódio nos Estados Unidos. Inúmeros membros já foram presos e processados pela Justiça.

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Harry e Meghan anunciam data de saída e vão desembolsar R$ 114 mi com segurança