Debate

Índia abre clínica para tratar pacientes viciados em Netflix

por: Redação Hypeness

É difícil lutar contra a vontade de passar um dia inteiro assistindo maratonas intermináveis no Netflix. Mas, como tudo na vida, é preciso apreciar com moderação. Na Índia, uma clínica está tratando o primeiro paciente viciado no serviço de streaming.

O Serviço de Uso Saudável de Tecnologia (SHUT), de Bangalore, abriu as portas para cuidar de pessoas que não conseguem lidar com o vício em algumas ferramentas da vida moderna. O primeiro paciente é um homem de 26 anos, que vivia uma rotina de sete horas diárias de consumo da plataforma.

O rapaz chegou ao centro médico apresentando sintomas como fadiga, tensão na região ocular e ciclos de sono bagunçados. Além disso, ele enfrenta dificuldades em conseguir emprego e enquanto os amigos avançavam na vida, o indiano permanecia entretido com seriados e filmes.

Aprecie com moderação

Falando sobre o vício, Manoj Kumar Sharma, chefe médica do SHUT, explica que “era um método de escapismo. Ele poderia esquecer todos os seus problemas e a atividade lhe proporcionava um prazer imenso no processo”.

A abertura do Serviço de Uso Saudável de Tecnologia reflete o crescimento do registro de alunos do ensino fundamental viciados com a programação de streaming. A dependência surge de forma inocente, como uma válvula de escape, até se transformar em uma patologia séria.

O indiano internado no SHUT vai receber terapias, exercícios de relaxamento e orientações vocacionais para colocar a vida de volta nos trilhos.

Publicidade

Foto: Unsplash


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Decisão do STF: como ela impacta prisão do DJ Rennan da Penha, negros e periféricos