Inovação

Metade do novo gabinete do premier da Etiópia é formado por mulheres

por: Redação Hypeness

Enquanto a política brasileira parece sempre fadada a rolar ladeira abaixo na contramão dos avanços do mundo, até mesmo países tão pobres e socialmente complexos quanto nós são capazes de se alinhar ao progresso e mudar. É o caso da Etiópia que, através de uma reforma ministerial geral, fez com que metade dos cargos do gabinete do primeiro-ministro Abiy Ahmed seja agora ocupada por mulheres.

Abiy Ahmed

A reforma fez com que pela primeira vez pastas como Segurança e Saúde sejam comandadas por mulheres. Além da Defesa e da Saúde, ministérios como Comércio, Transporte, Trabalho, Cultura, Ciência e Fazenda também foram reformados, trazendo agora mulheres no cargo. A mudança vem sendo celebrada com um dos grandes esforços pela paridade de gênero no continente africano.

Montagem com algumas das novas ministras

Outra novidade importante é a criação no país do Ministério da Paz. A ideia é combater uma intensa onda de violência étnica que já provocou a migração de mais de 2,2 milhões de pessoas do país. O ministério também será comandado por uma mulher, Muferiat Kamil, e supervisionará a Polícia Federal, os serviços de inteligência, a agência de segurança e de informação da Etiópia – e será referência e liderança na resolução dos conflitos.

Muferiat Kamil

Como se não bastasse, em um país com um terço da população muçulmana, duas ministras muçulmanas estarão no novo gabinete. É uma imensa lição, que prova que é justamente das situações mais adversas que podem sair as soluções mais humanas, consistentes e duradouras, para que os países, mesmo em situações realmente difíceis, possam efetivamente melhorar.

Publicidade

© fotos: divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
UFSC cria ferramenta com pontos de venda de alimentos orgânicos em SC