Debate

Roger Waters leva família de Marielle ao palco no Rio

por: Redação Hypeness

Roger Waters esteve em São Paulo, onde entre vaias e aplausos, chamou Jair Bolsonaro de neofascista. Depois, o cantor britânico desembarcou em Salvador e lá prestou uma homenagem emocionante ao mestre de capoeira Moa do Katendê – assassinado a facadas por um defensor do candidato do PSL à presidência da República.

Desta vez no Maracanã, o ex-vocalista do Pink Floyd colocou o dedo na ferida de um dos casos mais incômodos do Brasil. Afinal, quem matou e mandou matar Marielle Franco e Anderson Gomes?

Acompanhado no palco de Mônica Benício, Anielle Franco e Luyara Santos (viúva, irmã  e filha de Marielle, respectivamente), Waters revelou ter lido sobre o assassinato da quinta vereadora mais votada do Rio há seis meses.

Para Roger Watrs, Marielle é “a líder deste país”

Vestindo uma camiseta com os dizeres lute como uma garota, o músico britânico disse que “Marielle Franco acreditava nos direitos humanos como eu acredito, mas infelizmente nem todos no mundo acreditam. Marielle Franco ainda está conosco em nossos corações. De muitas formas, Marielle Franco é a líder deste país, encerrou em meio aos aplausos, enquanto a notícia do assassinato foi estampada no telão de 66 metros.

Marielle, presente!

Mônica Benício puxou os gritos de #EleNão, contra Jair Bolsonaro e aproveitou para pedir justiça. “Isso aqui é uma família, quer eles gostem ou não. Essa luta é nossa. Não há democracia enquanto o Estado não responder quem matou Marielle”.  

Roger Waters deixou o Pink Floyd em 1985 e ao longo de toda sua trajetória, ficou conhecido por se posicionar em defesa dos direitos humanos. Ele se apresenta ainda em Curitiba e Porto Alegre.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Quem foi o camponês símbolo da luta contra agrotóxicos morto por doença provocada por veneno