Debate

Surgem detalhes de processo que acusa Cristiano Ronaldo de estupro

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

O nome de Cristiano Ronaldo está entre os assuntos mais comentados do dia após o surgimento de uma denúncia de estupro. De acordo com revelação feita pela rede de TV norte-americana CNN, Kathryn Mayorga move um processo contra o atleta português.

Mayorga diz que o ex-jogador do Real Madrid abusou dela em um hotel de Las Vegas em 2009. O processo corre na Justiça dos Estados Unidos e dá conta que Ronaldo e sua defesa tentaram tirar proveito do frágil estado emocional da jovem, que teria de recebido cerca de R$ 1,5 milhão para se manter em silêncio.

O estupro teria acontecido no Palms Hotel and Casino em 13 de junho de 2009. Ronaldo levou Kathryn, uma amiga e outras pessoas para sua suíte. Lá, convidou a vítima para a jacuzzi, inclusive oferecendo uma camiseta e bermuda. Enquanto ela se trocava, o português pediu que ela fizesse sexo oral nele. Kathryn se negou e Ronaldo a estuprou em meio aos gritos de ‘não, não, não’.

Esta é a segunda vez que a acusação de estupro é revelada

Ainda segundo o processo, de início ela se recusou acusar Cristiano Ronaldo formalmente para a polícia com medo de ser humilhada publicamente por causa da fama do atual jogador da Juventus da Itália. Mesmo assim, ela foi examinada em um hospital e teve que conviver com os traumas de uma violação dessa magnitude.

“O trauma psicológico da agressão sexual, o medo de humilhação pública e a retaliação da polícia e dos médicos a deixaram apavorada e incapaz de agir ou se defender”, relata um trecho da ação.

Quando a denúncia surgiu no jornal alemão, os advogados de Ronaldo negaram as acusações

Não é a primeira vez que o assunto vem à tona. Em 2017, a revista alemã Der Spiegel divulgou a história pela primeira vez. Assim como hoje, o advogado de defesa de Cristiano Ronaldo, Christian Schertz, criticou a reportagem e negou o estupro.

Porém, a CNN diz que Ronaldo chegou a se desculpar, dizendo que “sentia muito e que geralmente era um cavalheiro”.

Cristiano Ronaldo se manifestou pelas redes sociais e negou as acusações de estupro feitas por Kathryn Mayorga.

“O que foi publicado é uma ‘fake news’, eles querem se promover usando meu nome. É normal, eles querem se tornar famosos com o meu nome, é parte do meu trabalho, mas eu sou um homem feliz e está tudo bem”, afirmou em seu perfil no Instagram.

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Contra Previdência, Greve Geral deve parar metrô, trem, ônibus e bancos