Inspiração

Alunos criam cobertor impermeável para esquentar moradores de rua

por: Redação Hypeness

A solidariedade, mais uma vez, tomou conta das ruas da fria Curitiba. A cidade do Sul do Brasil é considerada a capital dona das temperaturas mais baixas do país.

Como se sabe, os que mais sofrem com a intensidade do inverno são os moradores de rua e pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Para atenuar este cenário, nada melhor do que a inventividade de estudantes. Foi o que aconteceu com 34 alunos do segundo ano do ensino médio do Colégio Marista Paranaense, que desenvolveram um cobertor impermeável. A história saiu com exclusividade no site Razões para Acreditar. Confira a íntegra do conteúdo original.

Criatividade e capacitação para ajudar o próximo

O item foi criado a partir da miniempresa solidária Aquece (saiba mais aqui), durante o Programa Miniempresa, da organização social Junior Achievement. A instituição atua em parceria com o Sistema Fiesp para incentivar o empreendedorismo entre jovens.

Foram entregues quase 200 cobertores

Apesar de também ser vendido virtualmente, o cobertor prioriza os moradores de rua. Os interessados em adquirir o item para ajudar pessoas em suas cidades podem ficar tranquilos, pois o objeto é entregue com um certificado e um número de série, possibilitando a ciência da fase de desenvolvimento e se o produto foi entregue.

Já foram confeccionados 188 cobertores e ao menos 150 estão esquentando pessoas em situação de rua em Curitiba. Em reconhecimento ao belo trabalho, a Aquece foi agraciada em duas categorias do Programa Junior Achievement, Prêmio de Produto Destaque e Prêmio Marketing.

Publicidade

Foto: Reprodução/Facebook


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
O que é jardim sensorial e porque você deveria montar um na sua casa