Debate

#ChegaDeAssédio: famosas e anônimas se unem em defesa de Claudia Leitte

por: Redação Hypeness


A atuação constrangedora de Silvio Santos durante a edição do Teleton provocou a criação de um manifesto das mulheres. Famosas e anônimas postaram nas redes sociais um longo texto criticando a postura machista do dono do SBT.

“Mexeu com uma, mexeu com todas”, foi o mote da ação replicada por Camila Pitanga, Paula Lavigne, Bruna Marquezine, Alessandra Negrini, Daniela Mercury, entre outras famosas.

No textão, escrito por membras do movimento 342 Artes, Silvio é criticado pela forma com que tratou a artista baiana.  Silvio se negou a dar um abraço em Claudia. “Esse negócio de abraço me deixa excitado”, disse o comunicador.

O assédio de Silvio Santos repercutiu nas redes sociais

A postura machista o apresentador provocou uma avalanche de manifestações de solidariedade, não só para Claudia, mas para todas as mulheres que sofrem diariamente com o machismo impregnado na sociedade.

“Quando em rede nacional durante um programa de foco social, um apresentador assedia uma cantora, podemos ver como essa violência é normalizada na nossa sociedade”.

O texto critica também a desculpa de que determinada roupa vestida por uma mulher dá ou não o direito ao homem de assediá-la.

“Veja bem, Silvio, roupa não é convite. Respeito com as nossas, respeito com todos. Não nos calaremos. Nos acolheremos”.

Até então o SBT não se pronunciou sobre o assunto. Contudo, de acordo com o UOL, o Teleton e a própria rede de TV estão planejando um encontro ‘pacificador’ entre as partes.

Em sua conta do Instagram, Claudia Leitte lamentou a situação e confessa ter pensado em deixar o programa ao vivo.  



View this post on Instagram

Quando em rede nacional durante um programa de foco social, um apresentador assedia uma cantora, podemos ver como essa violência é normalizada na nossa sociedade. Tão normalizada que muitas de nós não sabemos como reagir. A vergonha, o medo da retaliação e a exposição nos paralisa. Mas é preciso lembrar: ISSO NÃO É NORMAL. E o fato disso estar na TV, confortável o suficiente para fazer isso em frente de sua mulher e filha, só desencadeia um efeito devastador para outras milhões de mulheres que sofrem essa mesma violência diariamente. Veja bem, Silvio, roupa não é convite. Respeito com as nossas, respeito com todos. Não nos calaremos. Nos acolheremos. #ChegaDeAssédio #342Artes

A post shared by Alessandra Negrini (@alessandranegrini) on


 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Paula Lavigne (@paulalavigne) em

 

View this post on Instagram

Quando em rede nacional, durante um programa de foco social, um apresentador assedia uma cantora, podemos ver como essa violência é normalizada na nossa sociedade. Tão normalizada que muitas de nós não sabem como reagir. A vergonha, o medo da retaliação e a exposição nos paralisam. Mas é preciso lembrar: ISSO NÃO É NORMAL. E o fato de estar na TV, onde ele se sentiu confortável de fazer isso na frente da sua mulher e da sua filha, desencadeia um efeito devastador para outras milhões de mulheres que sofrem essa mesma violência diariamente. Veja bem, Silvio, roupa não é convite. Respeito com as nossas, respeito com todos. Não nos calaremos. Nos acolheremos. #ChegaDeAssédio

A post shared by Taís Araujo (@taisdeverdade) on



Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Ativista pela legalização da cannabis mostra como Uruguai quebrou tabus da planta