Inovação

Eleitores da Flórida votam pelo fim das corridas de cachorros

por: Vitor Paiva

As recentes eleições de meio de mandato nos EUA representaram uma renovação importante para o congresso e o senado no país: além da retomada democrata no congresso, da eleição do primeiro governador abertamente gay, nunca antes se viu tamanha presença de jovens, mulheres, latinas, muçulmanas e negras representando o povo por lá.

Os bons ventos da mudança, porém, não vieram só para as pessoas, mas também para os animais: no estado da Flórida, as corridas de cães foram proibidas; já na Califórnia, melhorias nas condições de animais que vivem em jaulas e a proibição da venda de ovos e carnes de animais que não viverem em condições corretas também foram aprovadas.

As corridas com cães Greyhound foram proibidas na Flórida

E as duas medidas foram aprovadas com larga vantagem – na Flórida, a proibição das corridas teve 69% dos votos. Tal decisão retirará milhares de cães de uma vida de dor e sofrimento: a indústria de corridas terá de desaparecer do estado em no máximo dois anos.

Exemplo de ferimento nos cães de corrida da Flórida

O projeto também oferecerá suporte para que os animais antes explorados nas corridas sejam devidamente adotados por novos lares.

O tratamento com animais enjaulados terá de ser mudado na Califórnia

O resultado nos dois estados aponta uma realidade que provavelmente se confirmaria em qualquer lugar do mundo: ainda que a classe política não dê muita importância para os direitos dos animais, a população propriamente apoia intensamente que os bichos sejam bem cuidados e libertados de industrias e processos cruéis.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Magnum vegano será lançado no Brasil pela Kibon e algumas pessoas até já conseguiram comprar