Debate

Empresas estão tentando controlar o cocô dos funcionários, mas isso é ilegal

por: Redação Hypeness

Está circulando nas redes sociais a fotografia supostamente de uma empresa desaconselhando os funcionários a fazer cocô.

A imagem foi publicada pelo perfil Empreender Suck e mostra o pedido da companhia para que as pessoas trabalhem mais e façam menos necessidades fisiológicas.

Parece engraçado, mas proibir funcionários de fazer cocô é ilegal

Se você prestou atenção, notou a preocupação com a inclusão de gênero no aviso. Mais um elemento para confundir nossas cabeças, afinal quem pensa na igualdade e impede que os funcionários façam cocô?

Embora o aviso seja engraçado, a atitude é ilegal e poder ser enquadrada no artigo 5º, inciso X, da Constituição Federal. “São invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação”.

Recentemente, o UOL mostrou que o número de reclamações sobre, pasmem, restrições acerca do uso do banheiro aumentou consideravelmente nos últimos tempos. No entanto, como tudo na vida, a lei tem dois lados. Ou seja, a Justiça está sim de olho nos espertinhos que tentam ‘matar o tempo’ sentados no trono. Mas sem fazer nada.

Publicidade

Foto: WikiHow


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Casal que ofendeu fiscal não se diz arrependido e afirma que ‘pode questionar qualquer servidor público’