Inspiração

Estudante tatua bilhete escrito pela avó que está aprendendo a ler e escrever

por: Vitor Paiva

Aprender a ler e escrever é uma mudança tão radical e importante que se torna-se uma marca indelével na vida de tal pessoa – feito uma tatuagem. Alfabetizar-se é um processo tão transformador quanto emocionante, especialmente quando se tratam de adultos que decidem enfim aprender a ler e escrever. Se somarmos a isso o amor entre uma avó e sua neta, chegamos enfim à história da estudante Marcella Martins e de sua avó, Gelsa Martins, que aos 73 anos pôde enfim escrever à Marcella seu primeiro bilhete, que a jovem decidiu tatuar em seu braço.

A tatuagem de Marcella com o bilhete da avó

Segundo Marcella, desde muito cedo sua avó teve de trabalhar para ajudar em casa e, por isso, jamais aprender a ler. Munida dessa nova ferramenta, Dona Gelsa escreveu à neta um bilhete simples porém comovente: “Minha neta, eu te amo muito. Vó Gelsa”. Orgulhosa da avó e comovida com o gesto de amor, Marcella decidiu tatuar a caligrafia e a mensagem em seu braço, e postou uma foto da tatuagem em seu Twitter. A foto naturalmente viralizou.

Todo o relato trazido pela estudante na postagem é emocionante, contando um pouco da história da avó e dos percalços de sua vida, que não a impediram de se tornar “uma ótima pessoa que sempre ajudou as pessoas, sem querer ou pedir nada em troca”. Segundo Marcella, quando “Vó Gelsa” soube da repercussão, ela não só se emocionou como “mandou agradecer todos você e desejou muita saúde”.

Marcella e sua avó

Publicidade

© fotos: reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Ela criou um rótulo de vinho inspirado na vitória contra o câncer