Debate

Estuprador é inocentado por vítima usar calcinha fio-dental e gera onda de revolta

por: Redação Hypeness

A advogada de defesa de um homem acusado de estupro utilizou um argumento que provocou uma série de protestos nas ruas da Irlanda

Elizabeth O’Connell defendeu a inocência do cliente alegando que a vítima estava utilizando uma calcinha fio-dental. Detalhe, a advogada fez questão de segurar a peça utilizada pela jovem de 17 anos durante a fala.

“Você precisa ver a forma com a garota estava vestida. Ela estava usando um fio-dental com um laço na frente”, justificou. Apesar de parecer um argumento do período medieval, o discurso de O’Connell colou e o rapaz de 27 anos foi inocentado das alegações de estupro.

Para a advogada a culpa foi da vítima de estupro

A situação provocou revolta e deu combustível ao debate sobre o machismo e a culpabilização da vítima. A prática, que não é exclusividade da Irlanda, é comum. Mulheres que sofrem algum tipo de violência são penalizadas por causa de seus corpos e de roupas.

“Esses mitos e estereótipos em cima do estupro são reproduzidos várias vezes em julgamentos, porque a defesa sempre alega que foi consensual. Então qualquer coisa que o advogado de defesa use para sugerir que foi consensual, ele foi consensual. Então qualquer coisa que o advogado de defesa use para sugerir que foi consensual, ele fará”, explicou ao Independent Noeline Blackwell, chefe do Centro de Crise de Estupro.

Os protestos nas ruas ganharam peso com a criação nas redes sociais da hashtag #ThisIsNotConsent (Isso não é consentimento, em tradução livre).

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Maconha começou a ser criminalizada com lei racista contra negros escravizados