Arte

Mary Austin viveu com Freddie Mercury seis anos e inspirou ‘Love of My Life’

por: Redação Hypeness

Patrocinado por:

Publicidade Anuncie

O lançamento de Bohemian Rhapsody provocou uma corrida nos arquivos da vida Freddie Mercury. Eis que surge o nome de Mary Austin, mulher que namorou o vocalista do Queen na década de 1970.

No filme, ela ganha vida por meio da interpretação de Lucy Boynton. A britânica teve papel fundamental na vida de Freddie, que antes de morrer, deixou sua fortuna toda pra ela.

O relacionamento de seis anos rendeu frutos, inclusive Love of My Life, uma das músicas mais tocadas e amadas do Queen. Quem não se lembra da banda invocando o hino durante apresentação histórica no Estádio do Morumbi, em São Paulo, na década de 1980?

Mary e Freddie Mercury durante festa em 1977

A canção foi lançada em 1975 e os versos comprovam o quão importante foi Mary para Freddie naquele momento. Em 1985, quando já havia assumido sua bissexualidade, Mercury falou sobre a amada.

“A única amiga que tenho é Mary. E não quero mais ninguém. Pra mim, ela é minha mulher. Pra mim, foi um casamento. Nós acreditamos um no outro e isso foi suficiente”, declarou.

Falando em casamento, os dois quase oficializaram a relação em 1973. Freddie Mercury chegou a pedir sua mão, mas o noivado chegou ao fim quando o cantor revelou sua bissexualidade.

Ela disse ao tabloide britânico Daily Mail que as suspeitas surgiram porque Freddie sempre chegava tarde em casa. “Demorou para eu perceber a verdade. Ele se sentiu bem sobre finalmente contar que era bissexual, mas eu lembro que falei para ele: ‘Não, Freddie. Não acho que você seja bissexual. Acho que você é gay”.

Mary foi uma das figuras mais importantes quando Freddie descobriu ser soropositivo. Com a saúde um tanto quanto fragilizada, o líder do Queen passou o último dia dia de vida, em novembro de 1991, ao lado dela.

Freddie Mercury deixou para Mary grande parte do patrimônio conquistado com a carreira musical. No testamento estava uma mansão estilo georgiano, avaliada atualmente em R$ 100 milhões, metade de sua fortuna e os direitos autorais de suas canções.

No filme, Mary Austin foi interpretada por Lucy Boynton

A outra parte ficou para o companheiro Jim Hutton, o assistente pessoal, Peter Freestone e o cozinheiro Joe Fanelli. O restante foi dividido entre os pais e a irmã.

Mary conheceu Freddie Mercury quando tinha apenas 19 anos e trabalhava como vendedora em uma butique de Londres, a Biba. Ao lado do guitarrista Brian May, Freddie sempre ia azarar garotas e acabou se apaixonando por uma delas.

Depois do fim da relação, Mary se casou com o pintor Piers Cameron e teve dois filhos. O primeiro foi apadrinhado por Freddie Mercury.

 

Publicidade Anuncie

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Por dentro da primeira exposição de Wes Anderson no maior museu da Áustria