Debate

SBT recupera slogan da Ditadura Militar em vinheta e gera polêmica nas redes sociais

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Na última terça-feira (6), o SBT começou a exibir duas propagandas exaltando o Brasil. A emissora de Silvio Santos apresentou comerciais com pontos turísticos e as cidades mais famosas do país.

O flerte com o nacionalismo rendeu uma grande dor de cabeça aos funcionários da emissora paulista. Acompanhado das fotografias, o SBT ressuscitou um slogan dos tempos da ditadura militar.

A frase Brasil, ame-o ou deixe-o é dita por um locutor acompanhada do Hino Nacional. A peça publicitária causou espanto e rendeu inúmeras críticas, já que a máxima era comumente utilizada durante o governo de Emílio Garrastazu Médici.

O spot deixou todo mudo de boca aberta

Entre 1969 e 1974, os militares brasileiros caçaram adversários e instauraram um clima de patriotismo exacerbado. O objetivo era celebrar o que ficou conhecido como Milagre Brasileiro. “Este é um país que vai pra frente” e “Ninguém segura esse país”, são alguns dos exemplos. O método adotado pelos militares de exaltar o país serviu para esconder o aumento da corrupção e da desigualdade no país e provocou o exílio de mais de 10 mil pessoas.

A polêmica canção se chama Eu Te Amo Meu Brasil e foi disseminada em escolas e eventos públicos. Os compositores Dom e Ravel negaram que a música tenha sido um pedidos dos ditadores.

A repercussão negativa foi intensa e o SBT tirou a propaganda do ar no dia seguinte. Segundo o jornalista Maurício Stycer, o spot teria sido um erro. O jornalista do UOL diz ter conversado com fontes dentro da emissora garantindo que a intenção de Silvio Santos era passar uma mensagem de união do Brasil.

Especula-se que Silvio Santos queria mesmo se aproximar de Jair Bolsonaro. O comercial seria um agrado, porque o presidente eleito costuma exaltar a ditadura.

A relação de Silvio Santos com os militares é de outros tempos. O empresário conquistou a concessão do SBT, então TVS, ainda no governo Figueiredo. Aliás, foi a partir da década de 1980 que o comunicador passou a transmitir A Semana do Presidenteuma divulgação de dados do governo bancado pelo Estado.

Publicidade Anuncie

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Jovem é estuprada no Café de La Musique, beach club luxuoso de Florianópolis