Ciência

Como sistema de resfriamento de cerveja está ajudando pacientes na quimioterapia

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Os efeitos da quimioterapia podem ser devastadores, mas muitas iniciativas já buscam amenizá-los – é o caso deste sorvete inovador, por exemplo. Há ainda crianças e idosos que optam por não realizar o tratamento. Mas, para aqueles que seguem na luta contra um câncer, uma solução promete frear a queda de cabelo causada pela quimioterapia.

A invenção foi inspirada no sistema de resfriamento de cerveja e resultou em uma touca que deve ser usada durante o tratamento. De acordo com os fabricantes, o mecanismo já beneficiou mais de 100 mil pessoas, em 64 países, incluindo o Brasil.

CEO Richard Paxman posando com o equipamento. Foto: Simon Vide Photography

Funciona assim: o paciente precisa colocar a touca cerca de 30 minutos antes da sessão de quimioterapia e retirá-la apenas uma hora e meia depois. O equipamento fica conectado à tomada e faz com que um líquido gelado circule pela touca durante o uso, resfriando a temperatura da região e deixando-a entre 18ºC e 22ºC.

Com isso, há uma menor absorção dos fármacos no local, reduzindo os efeitos relacionados à queda de cabelo. Cerca de metade dos pacientes relata que os resultados foram tão satisfatórios que não foi necessário o uso de lenços ou perucas após o uso do equipamento.

Duas mulheres utilizam a touca Paxman para tratamento de quimioterapia. Foto: Divulgação/Paxman

Além dos resultados incríveis, a invenção nasce de uma bela história de amor. Tudo começa quando Sue Paxman, a esposa do cervejeiro inglês Glenn Paxman, é diagnosticada com câncer de mama.

Na tentativa de evitar a queda de cabelo da mulher, Glenn decide adaptar o sistema usado para o resfriamento da cerveja, durante o processo de produção da bebida, em um boné que resfriasse o couro cabeludo.

Sue Paxman, esposa de Glenn que teve câncer e levou à criação da touca inglesa. Foto: Divulgação/Paxman

Sue Paxman e o pequeno Richard. Foto: Divulgação/Paxman

Após anos de testes, a técnica foi sendo aprimorada para chegar aos resultados obtidos hoje. Mesmo assim, a empresa continua investindo em pesquisa com o auxílio de uma equipe multidisciplinar. O objetivo é que 80% dos pacientes apresentem um resultado positivo até 2020.

Publicidade Anuncie


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Unesco libera pdf de 8 livros sobre História Geral da África para download