Arte

A serenidade das pessoas esfaqueadas em obras de arte medievais não faz o menor sentido

por: Gabriela Glette

A arte existe desde os tempos em que nossos antepassados viviam em cavernas e sempre representou um papel importante na vida das pessoas. Se ela continua sendo uma das maneiras mais genuínas de refletir a sociedade em que está inserida, fica difícil compreender a tranquilidade estampada no rosto destas pessoas, representadas em obras de arte medievais.

pessoas esfaqueadas 1

Na idade média a arte possuía uma temática, sobretudo, religiosa. Apesar das diferenças de estilo, cores e padrões, que variavam de acordo com o período ou lugar, a arte medieval é bastante icônica e possui características únicas.

pessoas esfaqueadas 2

Viver na idade média era uma superação diária. As pessoas morriam com muito mais facilidade do que hoje, devido à saúde precária, falta de higiene, violência, insegurança nas ruas e diversos outros motivos. Chegar aos 40 anos era considerado um verdadeiro milagre, mas nada justifica a serenidade destas pessoas que estavam com facas enfiadas em seus ventres, prestes a dar adeus à vida. Definitivamente, incompreensível.

pessoas esfaqueadas 3

pessoas esfaqueadas 4

pessoas esfaqueadas 5

pessoas esfaqueadas 6

pessoas esfaqueadas 7

pessoas esfaqueadas 8

pessoas esfaqueadas 10

pessoas esfaqueadas 11

pessoas esfaqueadas 12

pessoas esfaqueadas 13

pessoas esfaqueadas 14

pessoas esfaqueadas 15

 

Publicidade

Fotos: reprodução Pinterest


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!


X
Próxima notícia Hypeness:
Obama lança livro e playlist com Jay-Z, Aretha Franklin e Beyoncé