Sustentabilidade

Abelhas são declaradas os seres vivos mais importantes do mundo

por: Mari Dutra

Publicidade Anuncie

A ciência já descobriu que as abelhas podem estar viciadas em agrotóxicos. Os pesticidas causam a morte das produtoras de mel e seu desaparecimento pode acabar com a humanidade. Graças a isso, não foi uma grande surpresa quando, há 10 anos, o Royal Geographical Society de Londres declarou as abelhas como seres vivos insubstituíveis.

O anúncio fez parte de uma competição denominada Earthwatch, cuja final foi entre as abelhas e os plânctons. Durante a apresentação, cientistas apresentavam argumentos para defender cada uma das espécies e as pessoas presentes deveriam votar em qual ser elas consideravam mais importante.

Abelha sobrevoando flores

As abelhas foram defendidas pelo Dr. George McGavin. Ele explicou ao público que 250 mil espécies de flores dependem das abelhas para se reproduzir. Além disso, muitas frutas e vegetais também ganham uma ajudinha delas, que tem impacto em cerca de 90% da produção de alimentos no mundo.

Publicidade

Sua importância é tanta que a cidade de Curitiba está espalhando abelhas sem ferrão em seus parques, como uma forma de disseminar árvores nativas. Na Suécia, foi erguido até mesmo um monumento para celebrar nossas amigas voadoras.

Publicidade Anuncie

Fotos via Unsplash


Mari Dutra
Comunicadora e especialista em conteúdos digitais, Mariana escreve sobre turismo, sustentabilidade e o que mais der na telha. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog Quase Nômade.


X
Próxima notícia Hypeness:
A incrível lixeira flutuante que está limpando o mar de Montenegro