Debate

Astrofísico de ‘Cosmos’, Neil DeGrasse Tyson é novamente acusado de assédio

por: Redação Hypeness

Neil deGrasse Tyson está, mais uma vez, associado com acusações de abuso sexual. A conduta suspeita do astrofísico voltou aos holofotes depois da publicação de depoimentos de possíveis vítimas ao site especializado em religião e ciências, Patheos.

A reportagem apresenta a história da astrônoma da Universidade de Bucknell, Katelyn Allers, dizendo ter sido segura pelo braço por Neil, que subiu seu vestido para supostamente olhar uma tatuagem do sistema solar.

Ashley Watson, ex-assistente de Tyson na série Cosmos, é outra acusadora. Ela pediu demissão depois de comentários impróprios de conotação sexual feitos por Tyson. Em função das múltiplas alegações, o Fox Entertainment Group e o NatGeo, responsáveis pela produção do seriado, dizem estar investigando a situação envolvendo o astrofísico.

NatGeo e Fox estão investigando a conduta e Neil

Em entrevista ao Washington Post, Watson descreveu a noite desconfortável com Tyson em maio de 2018. Depois de um dia intenso de trabalho no set, Tyson convidou a colega para sua casa. Ashley afirma que ele tirou a camisa, serviu vinho e queijo e chegou a apontar uma faca em sua direção.

“Eu me senti estranha. Ele parecia estar querendo manter relações sexuais comigo. Neil precisa responder às acusações. Se ele não fizer, não vai mudar a conduta”, explicou.

Tyson usou a página no Facebook para se defender das alegações. Ele explicou que não conseguiu identificar o desconforto de Allers e Watson em ambos os momentos. O astrofísico refuta acusações de assédio.

“Acusações podem macular uma reputação ou um casamento. Eu me considero um marido dedicado e um servidor público. Sou cientista e educador e sirvo ao interesse da população. Estou grato pelo apoio recebido dos que seguem respeitando meu valor e trabalho”.

Neil deGrasse Tyson explicou que vai colaborar com as investigações. Em nota, os produtores de Cosmos manifestaram “comprometimento com a investigação do caso e que agirão de acordo com a resolução do assunto”.

A primeira denúncia

O nome de Neil esteve oficialmente ligado com alegações de assédio sexual a partir do relato de Tichiya Amet, com quem ele admite ter se relacionado na década de 1980.

“Tive um breve relacionamento com uma estudante de astrofísica. Pelo que me lembro, tivemos alguns contatos íntimos, todos no apartamento dela. Não existia muita química e o relacionamento fracassou”.

Amet usou as redes sociais para acusar Neil, que segundo ela, chegou drogá-la. “Neil deGasse Tyson me drogou quando eu era uma estudante de graduação na Universidade do Texas em Austin em 1984. Minha história de estupro”.

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Uruguai aprova fim de privilégios e confirma cortes em aposentadorias de militares