Inspiração

Documentário de 2014 já revelava potencial gigante do bicampeão do surfe Gabriel Medina

por: Redação Hypeness

Gabriel Medina é um fenômeno levando nome do surfe brasileiro para um novo patamar. O jovem de Maresias se sagrou na última segunda (17) Bicampeão do Circuito Mundial de Surfe (WCT).

O brasileiro venceu a semifinal contra o sul-africano Jordy Smith em Pipeline, no Havaí, para garantir o título. Medina acumulou 16,27 pontos, contra 15,83 do sul-africano. De quebra, levou para casa o troféu da etapa havaiana.

Gabriel Medina não toma conhecimento de ninguém

Com 24 anos apenas, Medina faz sucesso nas águas há muito tempo. Em 2011, o garoto de São Sebastião, no litoral de São Paulo, já dava ideia de como seria um osso duro de roer.

Ele tinha 17 anos quando garantiu a primeira grande vitória da carreira numa etapa de mundial. Em tempo, batendo ninguém menos que Kelly Slater, dono de 11 títulos do mundo. O feito aconteceu em Ocean Beach, nos Estados Unidos. O brasileiro superou o norte-americano 22 anos mais velho, garantindo então a segunda vitória em quatro etapas como integrante da elite mundial.

Aos 17, ele bateu ninguém menos que Kelly Slater

“É incrível. Na verdade, não sei o que fiz. Não acredito”, confessou.

2014 foi um ano especial e inesquecível. Depois de 38 anos de surfe profissional, o Brasil venceu seu primeiro título na elite do esporte. Gabriel Medina, de 20 anos, eternizou-se na história ao conquistar o WCT, também em Pipeline, no Havaí.

O paulista criado nas águas de Maresias igualou o recorde do rival Kelly Slater, que conquistou o primeiro dos 11 títulos com a mesma idade de Gabriel Medina.

O primeiro título em 2014 quebrou um jejum de 38 anos do surfe brasileiro

“É fantástico. Eu não sei exatamente o que dizer. Eu quero agradecer Alejo por me ajudar. Eu amo essa torcida. Eu quero muito celebrar com todas essas pessoas, com meu pai e minha mãe”, celebrou.

Voltando para 2018, o bicampeonato de Medina foi bom para outro brasileiro. Jesse Mendes já estava eliminado da etapa de Pipe, mas com a derrota de Jordy Smith, conquistou a Tríplice Coroa Havaiana.

Publicidade

Fotos: foto 1: WSL / ED SLOANE/foto 2: ASP/Reprodução/foto 3: ASP/Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Pessoas em situação de rua viram guias turísticos na Irlanda