Debate

Esta empresa multa funcionários por não caminharem ‘o suficiente’

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Enquanto na Islândia as empresas que pagarem menos para mulheres são multadas, uma companhia imobiliária chinesa optou por um caminho perigoso: multar funcionários que não caminham “o suficiente”.

Os colaboradores disseram ao jornal chinês Information Times que são penalizados em 0,01 yuan por cada passo que deixam de dar rumo à meta de 180 mil passos mensais. A empresa, localizada na cidade de Guangzhou, não teve seu nome divulgado.

Para alcançar os 180 mil passos por mês estipulados como meta pela companhia, os funcionários precisam caminhar cerca de 6 mil passos diários. Apesar das penalidades impostas aos que caminham menos do que o previsto, aqueles que atingem o objetivo não recebem nenhum benefício em troca.

Ninguém duvida que estimular a equipe a fazer exercícios físicos é ótimo, mas há algo de bastante errado na maneira encontrada pela empresa para fazer isso.

No mundo todo, iniciativas similarem focam nos benefícios para aqueles que se exercitarem e não na punição. É o caso da Bike da Firma, uma startup paulista que convida as pessoas a trocarem seu vale-transporte pela bicicleta. Na Holanda, um projeto de lei prevê remunerar aqueles que optarem por ir ao trabalho pedalando.

Afinal, é bem mais saudável se exercitar em busca de um benefício do que fazer isso temendo uma represália…

Publicidade Anuncie

Fotos via Unsplash


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Plataforma cobra promessas esquecidas de políticos com rigor religioso