Debate

Fernanda Lima não aceita desculpas por xingamento e processa sertanejo Eduardo Costa

por: Redação Hypeness

Eduardo Costa pediu desculpas, Fernanda Lima não aceitou e vai entrar com processo. O cantor sertanejo terá que responder na Justiça os motivos de ter chamado a apresentadora de ‘imbecil’ e dito que ‘a mamata vai acabar’.

“Mais de 60 milhões de brasileiros e brasileiras votaram no Bolsonaro e agora essa imbecil com esse discurso de esquerdista! Ela pode ter certeza de uma coisa, a mamata vai acabar, a corda sempre arrebenta pro lado mais fraco e o lado mais fraco hoje é o que ela está. Será que essa senhora só faz programa pra maconheiro, pra bandido, pra esquerdista derrotado, e pra esses projetos de artista assim como ela?”, disse ele.

Fernanda Lima é atacada por defender o respeito e a diversidade

A afirmação foi feita nas redes sociais do artista, que diante da repercussão negativa gravou um vídeo se desculpando. Curiosamente, o conteúdo foi ao ar dias antes da participação no programa Conversa com Bial, que segundo o colunista Ricardo Feltrin deixou Fernanda Lima irritada.

O colunista do Globo Ancelmo Goes afirmou que uma das ações corre na 24ª Vara Cível do Rio de Janeiro. A apresentadora do Amor & Sexo está pedindo indenização por danos morais e direito de imagem. A primeira audiência deve acontecer em 19 de dezembro.

A assessoria de imprensa de Eduardo Costa disse estar ciente do processo e que vai tomar as devidas providências. Fernanda Lima não se manifestou sobre o assunto.

Cobras e lagartos

O ataque de Eduardo Costa fez parte de uma onda de ofensas proferidas nas redes sociais contra Fernanda Lima e o programa Amor & Sexo. A atração global sofre com acusações de uma suposta ligação com Partido dos Trabalhadores e setores da esquerda.

Eduardo Costa vai ter que responder o discurso de ódio na Justiça

No entanto, o programa se destaca pelo levante contra a homofobia, o racismo e pela igualdade de gênero e social. O xingamento de Costa se referiu especificamente ao discurso contundente de Fernanda Lima pela resistência contra os sistemas de opressão.

“Chamam de louca a mulher que desafia as regras e não se conforma. Chamam de louca a mulher cheia de erotismo, de vida e de tesão. Chamam de louca a mulher que resiste e não desiste. Chamam de louca a mulher que diz sim e diz não. Não importa o que façamos, nos chamam de louca. Se levamos a fama, vamos sim deitar na cama. Vamos sabotar as engrenagens desse sistema de opressão. Vamos sabotar as engrenagens desse sistema homofóbico, racista, patriarcal, machista e misógino. Vamos jogar na fogueira as camisas de forças da submissão, da tirania e da repressão. Vamos libertar todas nós e todos vocês. Nossa luta está apenas começando. Preparem-se porque essa revolução não tem volta.”

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Jogar drogas pela descarga está deixando os jacarés viciados nos EUA, afirma polícia