Estilo

Fotos do lendário Les Skuse, fundador de um dos primeiros clubes de tatuagens do mundo

por: Redação Hypeness

As tatuagens têm ganhado cada vez mais adeptos nos últimos tempos, transformando a pele em arte ou grito de guerra, e é sempre bom lembrar da velha guarda e do caminho que tatuadores percorreram até ter seu trabalho reconhecido.

Um dos mais importantes de que se pode falar é o inglês Les Skuse, que nasceu em 1912 e aprendeu a tatuar com 16 anos. Morador de Bristol, ele aprendeu a arte com Joseph Hartley, provavelmente o único tatuador da região até que Skuse apareceu.

Ele abriu o próprio estúdio antes de completar a maioridade e, ao longo da carreira, se firmou como uma das maiores referências em tattoos da Europa, tendo fundado o Grêmio Britânico de Tatuagem e o Clube de Tatuagem de Bristol, onde muitos jovens tatuadores foram formados.

Durante a Segunda Guerra, Skuse lutou pelo exército britânico e tatuou vários de seus companheiros. Ele chegou a ser escolhido campeão do concurso Artista de Tatuagem da Inglaterra, em 1955, como reconhecimento pelos avanços que ele capitaneou em termos artísticos e técnicos.

O inglês era ávido por aprender e voou várias vezes para os Estados Unidos para trocar experiências com tatuadores locais, que também o visitavam na Inglaterra. Les Skuse tatuou até 1973, quando faleceu, mas deixou como herança uma família ligada à tatuagem: seus dois filhos e o neto seguiram os passos do patriarca e também ganham a vida com as agulhas.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
A internet quer saber: Qual é a cor desse Crocs?