Debate

Grupo convoca manifestação após morte de cachorro dentro do Carrefour

por: Redação Hypeness

A morte de um cachorro abandonado na porta do Carrefour em Osasco, na grande São Paulo, segue tendo novos desdobramentos. Uma manifestação foi convocada por ativistas e pessoas sensíveis com a situação para o próximo sábado (7). Já são mais de mil nomes confirmados.

Na descrição do evento, relatos de que o cão teria sido espancado e envenenado. A versão não foi confirmada pela polícia até o momento. Manifestantes pretendem usar roupas pretas e prometem levar flores e velas em sinal de luto. Existem ainda sugestões para a doação de ração para a ONG Bendita Adoção, responsável pela organização do protesto, que acontece na unidade da Avenida dos Autonomistas.

O cachorro teria sido espancado e envenenado

Beatriz Souza é fundadora da ONG e uma das organizadoras do protesto. Em sua página pessoal do Facebook, a ativista diz que recebeu mensagens de pessoas minimizando a morte do animal.

“Eu fico horrorizada com as mensagens que estou recebendo, sabe. Pessoas escrevendo ‘ahhh, mas era só um cachorro’, ‘vão cuidar de crianças e pessoas’, “se fosse uma criança aí eu chorava’. Para começo de conversa, eu não tenho que me justificar, mas alimentamos com comida vegana pessoas de rua quinzenalmente nas ruas de Osasco e na Comunidade Fazendinha e Comunidade Esperança, em Osasco. Isso tudo além do nosso trabalho com mais de 200 animais tutelados pela nossa ONG. Amar animais nunca nos fez cegos ao sofrimento das pessoas, pelo contrário, amar animais só nos fez ainda mais humanos em relação ao sofrimento de todos”, refletiu.

O caso

Segundo testemunhas, o cão foi abandonado nas dependências do Carrefour há mais de uma semana. O animal recebia água e comida de alguns funcionários da loja, contudo, de acordo com os relatos, teria sido morto a pauladas e envenenado por um dos seguranças do supermercado. Dizem, as testemunhas, atendendo aos pedidos de um superior.

O cão foi abandonado no estacionamento do Carrefour

Apesar de negar, o Carrefour confirmou o afastamento da equipe de segurança. A empresa disse ainda que repudia maus-tratos aos animais. Imagens das câmeras de vigilância mostram sangue no chão próximo ao animal.

“Preventivamente, afastou a equipe responsável pela segurança do local no dia da ocorrência até que a rigorosa apuração em curso seja concluída e as devidas providências adotadas”, se posicionou o Carrefour em nota.

O cachorro chegou a ser socorrido pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), segundo testemunhas, chamado por funcionários da própria empresa dizendo que o animal tinha sido atropelado. O cão não resistiu. No mesmo dia, o Carrefour receberia a visita de um dos diretores da rede. As investigações ainda não foram concluídas.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Facebook


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Nova York proíbe venda de cigarros eletrônicos com sabor