Inspiração

Morre Roger, o canguru ‘boladão’ de 2 metros e 89 kg que ganhou a internet

10 • 12 • 2018 às 10:59
Atualizada em 10 • 12 • 2018 às 11:03
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


Se lembram de Roger? O canguru famoso pela quantidade de músculos, morreu aos 12 anos. O animal chegou a ter mais de dois metros de altura e pesar 89 kg. A fama veio quando surgiram nas redes sociais imagens dele amassando baldes de metal com as patas.

O marsupial cresceu em um santuário de cangurus em Alice Springs, na Austrália, depois que sua mãe morreu vítima de um acidente de carro. O instituto se pronunciou sobre o ocorrido nas redes sociais.

O canguru era querido por todos e morreu de velhice

“Infelizmente, Roger morreu de velhice. Ele viveu uma vida longa e adorável, foi amado por milhões de pessoas em todo o mundo. Nós sempre amaremos você e sentiremos sua falta”.

A força exuberante foi tema de um documentário da BBC, Canguru Dundee, que transcendeu fronteiras australianas e ganhou o mundo. Os entrevistados contaram orgulhosos o processo de criação do canguru.

“Ele ainda era bebê quando o salvei, ele estava dentro da bolsa da mãe que foi morta na estrada”, diz Chris ‘Brolga’ Barns, cuidador de Roger.


O boom veio em 2015, quando caiu nas redes sociais o famoso vídeo de Roger destruindo baldes de plástico com suas patas. O tamanho e claro, os músculos deixaram as pessoas chocadas.

“Desde que ele apareceu na TV e as imagens se tornaram virais, ele ganhou muito amor e atenção”, recorda Chris.

Embora seja muito difícil, um canguru pode viver até 14 anos. Roger, que chegou aos 12, convivia com a perda da visão e artrite. Mas, segundo Barns, “estava amando a sua aposentadoria”.

 

Publicidade

Foto: Kangaroo Sanctuary Alice Springs/Reprodução


Canais Especiais Hypeness